nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
24 maio

24 de maio Dia Nacional do Café, Vamos Comemorar

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

ABIC CONVOCA CONSUMIDORES PARA COMEMORAR O DIA NACIONAL DO CAFÉ

Todo dia é dia de café, como comprova o fato de 97% dos brasileiros acima dos 15 anos consumirem ao menos uma xícara diariamente. Só isso já poderia ser considerado uma homenagem e tanto a essa bebida. Mas desde 2005, quando a data 24 de Maio foi incorporada ao Calendário Brasileiro de Eventos como Dia Nacional do Café, a comemoração ganhou outra dimensão, passando a ser festejada por industriais, produtores, exportadores, cooperativas, varejo, cafeterias e por todos os apaixonados por café.

A sugestão de se criar o Dia Nacional do Café foi feita Super Café Mascote do Dia do cafépara Belém, no Pará, por Francisco Melo Palheta, em 1727.

Ao resgatar a história, a ABIC também pretende mostrar a razão dessa bebida mundialmente milenar se manter tão moderna e atual.

Por isso, a cada ano, a entidade elege um tema, e desta vez a inspiração é a Copa do Mundo. Tendo como mote a frase \"Café: energia e paixão como o futebol\", a entidade une dois ícones dos brasileiros e promove duas atitudes saudáveis: os benefícios da prática de esporte e do consumo do cafezinho, puro ou com leite, para a saúde de todas as pessoas.

Pesquisas mostram que o consumo diário e moderado de café (de três a quatro xícaras ao longo do dia), é benéfico ao cérebro, estimula o prazer, melhora o intelecto, estimula a memória e a atenção e ajuda no combate de diversas doenças. Muita gente desconhece, mas o café é a bebida mais saudável para atletas, por exemplo. Estudos científicos mostram que, quem consome café regularmente, pode ter um aumento dos níveis de endorfina no cérebro. Isto faz com que os atletas não se cansem facilmente e sigam adiante até atingir além do ponto máximo de cansaço físico com a força mental. \"Atletas que consomem diariamente café produzem mais endorfinas e encefalinas e podem ter sua performance aumentada de forma significativa\", atesta o médico e pesquisador Darcy Lima, coordenador de pesquisa de café e saúde da Embrapa-Café e coordenador científico da ABIC.

Estudos preliminares, que estão sendo realizados pelo Instituto do Coração (InCor), do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com o suporte da Embrapa, também mostram que o café coado, além de não fazer mal ao organismo, não faz mal às pessoas que já tiveram algum problema cardíaco. \"Ao contrário do que sempre se disse o café não parece fazer mal ao coração\", diz o cardiologista Luiz Antônio Machado César, coordenador da pesquisa.

24 de maio Dia Nacional do CaféPausa para o café

Tomar café é um hábito prazeroso, social, que agrega as pessoas, aquece e dá energia. No trabalho e nas reuniões de negócios, a pausa para o café torna todos mais produtivos e alertas. E pode se transformar em um momento de relaxamento na rotina diária, quando se aproveita alguns instantes para saborear a bebida em uma cafeteria, só ou com amigos.

O café pode ajudar também crianças e adolescentes em idade escolar. O consumo moderado e diário de café, ao estimular o sistema de vigília, atenção e concentração, pode ajudar no aprendizado escolar. Para isso, basta incluir o café no desjejum – com ou sem leite -, na merenda escolar e também no lanche da tarde. O consumo diário e moderado de café, portanto, torna o cérebro mais atento, estimula a memória, atenção e concentração, melhorando a atividade intelectual.

O café não é remédio, mas a comunidade médico-científica já considera a planta como funcional (previne doenças mantendo a saúde) ou mesmo nutracêutica (nutricional e farmacêutico). Isso por que o café não possui apenas cafeína, mas também potássio, zinco, ferro, magnésio e diversos outros minerais. O grão do café também possui aminoácidos, proteínas, lipídeos, além de açúcares e polissacarídeos. Mas, o principal segredo: possui uma enorme quantidade de polifenóis antioxidantes, chamados ácidos clorogênicos.

Você sabia?

O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo. Entre os principais compradores dos cafés brasileiros estão: Alemanha, Estados Unidos, Itália, Japão e Bélgica. O país é o segundo maior mercado consumidor de café do mundo. Em 2009, foram industrializados 18,39 milhões de sacas de café, 4,15% a mais do que em 2008, que havia sido de 17,65 milhões de sacas. Os maiores consumidores mundiais são os Estados Unidos, com uma média anual entre 20-21 milhões de sacas/ano.

A previsão para 2010 é o consumo no Brasil crescer 5% e passar para 19,31 milhões de sacas. A meta brasileira é chegar a 2012 com um consumo interno de 21 milhões de sacas (passando o Brasil a ser o maior consumidor mundial).

O consumo per capita em 2009 foi de 5,81 kg de café em grão cru, ou 4,65 kg de café torrado, quase 78 litros por pessoa por ano, registrando uma evolução de 3% em relação ao período anterior. Os brasileiros estão consumindo mais xícaras de café por dia e diversificando as formas da bebida durante o dia, adicionando ao café filtrado/coado consumido nos lares, os cafés \'espressos\', cappuccinos e outras combinações com leite.

O consumo per capita brasileiro se aproxima ao da Alemanha (5,86 kg/hab.ano) e já supera os índices da Itália e da França, que são grandes consumidores de café. Os campeões de consumo, entretanto, ainda são os países nórdicos – Finlândia, Noruega, Dinamarca – com um volume próximo dos 13 kg/por habitante/ano.

24 maio

Tipos de Preparo de Café e Ponto de Torra Ideal

Publicado por Redação Blog Café Fácil 11 Comentários

Fonte: ABIC

TIPOS DE PREPARO

A adição de água quente ao café torrado e moído, produzindo então a bebida café,
é um processo chamado de infusão, e pode ocorrer por filtragem, percolação,
prensagem ou pressão, sendo que cada um destes produz tipos de bebidas distintas.
Filtragem:
O pó é acondicionado em um filtro, de papel ou de pano, com adição de água quente não fervente por cima.
Este método é muito utilizado na cultura brasileira de preparo, através de coadores caseiros e cafeteiras elétricas, dando origem ao tradicional cafezinho.
Percolação:
Método onde se coloca o pó de café no centro de um equipamento moka, que posicionado em um fogão faz a água entrar em ebulição e pressionar café líquido para um recipiente.
É a forma mais utilizada para consumo de café na Europa.
Prensagem:
em um recipiente de vidro se coloca o pó de café misturado com água quente não fervente e em seguida introduz-se um filtro que é pressionado por um êmbolo que separa o pó do café já pronto para consumo.
O método, que virou moda entre os norte-americanos, é conhecido como Prensa Francesa.
Pressão:
conhecido como café expresso, neste preparo o café é moído na hora e acondicionado em um filtro que sofre uma pressão de água a 90oC e 9Kg de pressão durante 30 segundos em média, gerando uma bebida cremosa e aromática. Criado pelos franceses, o café expresso é considerado o método mais apropriado para apreciação de todas as nuances desta bebida.

 

PREPARAÇÃO DO FAMOSO CAFÉ EXPRESSO

O Café Expresso
Expresso é o café exclusivo, preparado sob pressão, em doses individuais para ser saboreado no exato momento da extração. É um café resultante da combinação dos mais intensos aromas e sabores.

Para prepará-lo é melhor utilizar grãos frescos, de alta qualidade, com aroma e sabor intensos, moídos adequadamente e comprimidos de forma correta onde a água passa sob pressão.

Conheça a máquina ideal para sua casa, que é amante do café espresso e quer ser como um barista. Clique Aqui.

As máquinas devem permitir a operação com pressão de 9 atmosferas (atm) e temperatura de 90º C, num tempo que varia de 25 a 30 segundos. Estas são condições ideais para a obtenção de um café expresso excelente.

O café expresso é concentrado – 7 gramas de pó para até 50ml de água – de aroma e sabor intensos com um bom corpo e persistência no paladar, coberto por um denso creme cor de avelã (marrom claro) em toda superfície da xícara, cuja espessura deve estar entre 3mm e 4mm.

O Creme do Café
Expresso A espessa e rica camada de creme serve para manutenção da temperatura e preservação do aroma do expresso antes de ser consumido. Nestas condições, o expresso retém uma porção de açúcar durante alguns segundos.

O creme (e não a espuma, que se desfaz rapidamente) permanece na xícara por um longo período. Ele marca e adere à parede da xícara.

O creme espesso e duradouro é o sinal mais importante de que o expresso foi bem tirado. O preparador deve estar sempre atento. Se o creme não se formou é porque a moagem está grossa, o tempo de extração foi curto e o café não foi bem tirado (ficará muito fraco).

O expresso bem tirado tem creme espesso, com cor homogênea e retém uma porção de açúcar (teste do açúcar) durante alguns segundos.

Dicas de preparo
O café expresso deve ser preparado de preferência com grãos recém torrados. Moa o café um pouco antes da preparação.

A torra do expresso é mais clara (média para clara). Assim os óleos aromáticos são preservados. Grãos muito torrados tornam-se oleosos, perdendo aroma e sabor e deixando o expresso mais amargo.

A primeira providência para o expresso perfeito é encontrar a moagem ideal do pó. A moagem aconselhada é a média. Se ela for muito grossa, a água passa mais rápido pelo filtro e a bebida fica fraca, sem a formação do creme. Se for muito fina, a água demora mais a sair, deixando a bebida amarga e manchas brancas no creme. Além disso o pó deve ser comprimido adequadamente.

Números para o preparo correto de um café expresso:
     50 ml de água (expresso normal); 30 ml de água (curto)
     7 gramas de café
     90oC de temperatura para a água
     9  bar de pressão no mínimo para a máquina do café expresso
     30 segundos de tempo para de infusão da bebida

O creme deve ser consistente – ao consumir a bebida o creme fica grudado na parede da xícara. A sua cor deve ser bege escura.

O creme serve para manter a temperatura da bebida e preservar seu aroma. Mesmo que a pessoa não adicione açúcar ou adoçante, o café deve ser mexido para que seus aromas possam ser sentidos.

 

INFLUÊNCIAS DA TORRA E MOAGEM
 Grau de torra  Características  Equipamento
 Clara Acentuada acidez, suavidade do aroma e sabor, menos amargor Ideal para máquinas de café expresso
 Média Acentua o aroma e o sabor Ideal para coador de pano ou filtro de papel
 Escura Diminui a acidez, acentua sabor amargo, bebida mais escura  
O tempo de preparação é influenciado pela moagem, pois numa moagem muito fina, a água levará mais tempo para passar pelo pó, resultando numa extração superior.
 Grau de moagem  Preparo
 Pulverizado  Café árabe, onde o pó não é coado
 Fina/Média  Filtração (filtros de papel, coador de pano)
 Média  Café expresso
 Grossa  Percolação – cafeteira italiana

 

Fonte: ABIC

20 maio

Conheça a História da Origem do Café Expresso

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Em 1822 surge na França a máquina de café expresso, embora ainda não passasse de um protótipo. Em 1855 é apresentada em uma exposição, em Paris, uma máquina mais desenvolvida.
Saiba Mais - Cafeteira Expresso com Moinho Café Roma Deluxe Espressione Entretanto, o aperfeiçoamento da máquina é mérito dos italianos, que difundiram o café expresso pelo mundo.

Esta tragetória começa em meados de 1901, quando foi apresentada uma máquina patenteada pelo Sr. Luigi Bezzera, um equipamento rudimentar que continha dois imensos grupos operados a vapor gigante, chamou seu modelo Tipo Gigante. Nos primeiros anos, pouco sucesso obteve de mercado.

A patente no entanto em 1905 foi vendida ao Sr. Desidero Pavoni que trouxe ao mercado um novo modelo de máquina de café expresso chamado Ideale.
Nessa época também o Sr. Teresio Arduino, funda sua companhia chamada Victoria Arduino, juntos começaram então a espalhar toda a cultura do expresso na Itália.

A máquina moderna conhecida nos dias de hoje no entanto somente chegará ao mercado em 1946 ou 1947 com o final da segunda guerra mundial, quando a antiga fábrica da família Gaggia (não mais existente, somente a marca hoje continua a ser explorada comercialmente) introduziu no mercado o modelo Gaggia Crema Caffe, a primeira com capacidade de produzir água pressurizada (7 bar ou mais) com uma alavanca, passando água por uma camada de café, um produto fácil e barato o bastante para o uso comercial normal.

Em 1967 o Sr. Nello Dal Tio proprietário da C.M.A – Astoria constrói sua primeira máquina de café expresso utilizando já os princípios fundamentais e moderno de café expresso italiano.

Datas históricas do Café Expresso:

1901: A primeira máquina de café expresso. Luigi Bezzera faz a primeira máquina de café expresso, a patente em seu nome chamava-se Tipo Gigante, a percursora a que somente se transformaria a tecnologia da máquina do expresso após quase cinqüenta anos .

1905: Desiderio Pavoni compra patente de Luigi Bezzera para poder também iniciar a fabricação desse produto. Outros como o Sr. Teresio Arduino também quer fabricar e funda a empresa Victoria Arduino, companhia que faria mais para espalhar a cultura adiantada do expresso do que qualquer outra com suas propagandas e toda a filosofia atrás da bebida.

1922: A Universal incorpora o negócio da máquina de expresso, e transforma-se logo no fabricante principal da máquina de expresso, com uma larga escala de produtos. O produto dispara no mercado nos anos de 1920 aos anos de 1930.

1927: Chega a América especificamente aos Estados Unidos da América a primeira máquina de expresso, instalada no estabelecimento de nome Regio’s Bar em NYC. Máquina de dois grupos ainda hoje em exposição. Novas fabricas de expresso vão surgindo como a La Marzocco fundada em 1927.

1929: Fundada a antiga fábrica de máquinas La Rancilio Officina Elettromeccanica, por Roberto Rancilio. Também entra no mercado de máquina de café expresso.

1932: A La San Marco lança seu modelo 900 que durante 10 anos fica ditando uma tendência mundial de design para o produto.

1936: É fundada a antiga fábrica Simonelli que depois fechou e reabriu anos depois com o nome Nova Simonelli com outros proprietários.

1946: O Sr Ernesto Valente e família funda a fábrica de máquina Faema. Hoje já de propriedade de outros investidores.

1947: Introdução revolucionária da Gaggia Crema Caffe no mercado de máquina de café expresso. A moderna máquina de expresso nos conceitos de hoje de café expresso.

1948: Outras empresas também introduzem no mercado máquina de expresso baseada nos modernos padrões de pressão. Inicia então o verdadeiro café expresso como nos dias de hoje o conhecemos.

1950: Muitas empresas como Elektra faz seu experimento com máquina expresso de pressão hidráulica e os fabricantes seguem a idéia adotada.

1956: Aparece no mercado a primeira máquina de expresso mais apropriada para uso domestico. Inovação do mercado utilizando alavanca com duplo pistão por grupo de máquina.

1958: Novas máquinas não produzidas especialmente para uso doméstico são apresentadas ao mercado, devido ao tamanho podem ser utilizadas para uso doméstico.

1961: A Faema fábrica Italiana de Milão apresenta ao mundo seu sistema revolucionário de expresso, chamava-se sistema E61 o primeiro sistema utilizando um trocador de calor (caldeirinho) em italiano “scambiatore”, para fazer o café expresso, e também usava uma bomba rotativa.. Esse sistema substituía então a alavanca de pressão utilizado para fazer o café expresso.

1966: Alfred Peet abre a primeira Peets Coffe em Berkeley, CA, que servira de inspiração para fundar a Starbucks quando visitando Seattlites.

1967: A CMA – Astoria entra no mercado de fabricação de máquinas de café expresso. Construção da primeira máquina de café expresso Astoria pela C:MA na pequena unidade produtiva fabril em Susegna (Itália), província de Treviso. Hoje líder mundial de fabricação de máquinas de café expresso profissionais.

1971: A Starbucks abre em Seattle a primeira Roastery.

1974: É introduzido o sistema de vapor instantâneo nas máquinas de café expresso podendo então ferver o leite instantaneamente.

1982: Fundada nos Estados Unidos da América a SCAA Specialty Coffee Advisory Board,

1983: Howard Schultz da Starbucks viaja para a Itália para conhecer a fundo a cultura do café expresso.

1985: Starbucks instala a primeira máquina de café expresso em um Shopping de Seattle.

1989: Começa a aparecer no mercado o café em sachê mono dose, “cialda” em italiano, e uma padronização de medidas para o café em sachê ,também chamada easy system de café expresso.

1990: O Sistema de café sache mono dose espalha-se pelo mundo pela sua facilidade, padronização e higiene, conquistando o público em todo o mundo.

1991: Lançamento mundial, surge a primeira máquina automática de café expresso lançada pela Saeco especialmente desenvolvida para o uso doméstico e pequenos escritórios, uso não profissional.

1992: A primeira coleção de xícaras da Illy café, Illy collector cups com pinturas elaboradas por artistas famosos chega ao mercado.

1994: O café em sachê vira moda na Europa e nas residências dos italianos passa a ser um sonho de consumo, não mais pode faltar o café em sachê.

1997: Início das atividades da CMA – Astoria no Brasil. Chegam ao Brasil as primeiras máquinas de café expresso importadas da Italia.

2000: A CMA Astoria bate o recorde em numero de máquinas fabricadas, atingindo 24.600 máquinas de café expresso no ano.

2001: Starbucks atinge 3,000 lojas instaladas mas incrivelmente nenhuma aberta na Itália.

2004: Novo recorde da CMA Astoria na fabricação de máquinas de café expresso perfazendo um total de 27.200 máquinas de café no ano.

Antigas Máquinas de café Expresso:


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SUGESTÃO DE MÁQUINA PARA SUA EMPRESA

Cafeteira Expresso com Moinho Café Roma Deluxe Espressione

Cafeteira Expresso com Moinho Café Roma Deluxe Espressione

17 maio

Simulador para seu negócio com café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Trabalhar com café expresso é bom negócio?

 

Clique aqui e visite a ferramenta de simulador de Lucro para sua Cafeteria

 

Qualquer dúvida peça ajuda a um dos nossos consultores pelo 0800 941 9012 ou 4003 0092 ou clique aqui

17 maio

Como fazer um cappucino utilizando cafeteira expresso de forma ideal?

Publicado por Redação Blog Café Fácil 15 Comentários

Como fazer um cappucino utilizando cafeteira expresso de forma ideal?
Primeiramente é importante entender o que é cappuccino é o nome italiano dado a mistura do café expresso com um pouco de leite e a espuma deste.

A espuma é obtida, utilizando o tubo de vapor com ponteira para cappuccino. A espuma, juntamente com um pouco de leite, é adicionada ao café expresso. Primeiro deve preparar-se a espuma de leite e depois o café expresso.

OBS: Utilize as xícaras maiores Cappuccinos (cerca de 70 cc) para a mesma quantidade de café, pois o vapor irá esquentar o leite. Busque utilizar leite que não seja desnatado.

ETAPAS DO PROCESSO

1ª etapa: ligue a máquina através do botão ON/OFF


2ª etapa:
aguarde até que a lâmpada piloto da temperatura acenda.


3ª etapa: P
ressione ou o botão de vapor.  Depois você perceberá que a lâmpada de temperatura irá apagar, então espere até que a lâmpada acenda novamente. Agora a máquina está pronta para produzir vapor.

4ª etapa: encha a xícara com um pouco de leite frio, mas não coloque muito leite pois a espuma do leite pode tranbordar caso sua xícara seja pequena.

5ª etapa: antes de mergulhar o leite no bico vaporizador, procure abrir o registro para que saia a água restante do bico em outro recipiente, assim que sair vapor seco feche o registro. Então mergulhe o leite no bico vaporizador, mas atenção coloque só 1 centimetro de profundidade, isto irá ajuda a emulsificar melhor o leite.

6ª etapa: abra o registro do vapor da cafeteira. O vapor começará a sair pelo tubo de vapor, fazendo o leite borbulhar.

7ª etapa: baixe o recipiente devagar, ficando somente a ponta do tubo a tocar o leite, sendo produzida uma espuma de leite fina e compacta. Com o comando do registro de vapor é possível dosear a saída do vapor.

8ª etapa: feche o registro do vapor quando tiver sido formada suficiente espuma de leite.

Neste momento a água no interior da máquina está muito quente dado que foi produzido vapor. Para produzir um bom café expresso, é necessária uma temperatura um pouco mais baixa.

9ª etapa: então aperte o botão de café e espere até que saia um pouco de água pela respectiva abertura.
->

10ª etapa: depois aperte novamente o botão de café desligando a bomba!

11ª etapa: agora a máquina esta pronta para fazer o café expresso com café em pó ou sache. Então pegue a xícara com o leite emulsificado e deixe cair o café expresso por cima. Assim seu delicioso cappucino esta pronto!

Dica Especial: Adicione açúcar a seu gosto. Receitamos colocar um pouco de canela o que dá um um sabor e um aroma todo especial.

 

17 maio

Por que a xícara rouba calor do seu café?

Publicado por Redação Blog Café Fácil 1 Comentário

Por que a xícara rouba calor do café ?

O principio físico do equilíbrio do calor
A quantidade de calor recebida por uns é igual à quantidade de calor cedida pelos outros.
Todas as vezes que nos colocamos café quente (50 ml de café a 80 ºC aproximadamente) em uma xícara de porcelana (130 gr de peso a 25 ºC aproximadamente) a xícara vai ganhar calor e o café perde calor ate que ambos em equilíbrio térmico.

Ou seja se esperar-mos tempo suficiente o café teria sua temperatura final de cerca de 25 ºC, aproximadamente. (calculo usando-se as formulas da física que regem o assunto).

E obvio que isso não ocorre porque o consumo e mais rápido do que o tempo que levaria para o equilíbrio térmico final.

No entanto sempre o café aquecera a xícara e a xícara esfriara o café.
Por isso nos dias mais frios torna-se de suma importância aquecer a xícara antes de fazer o seu café. Você pode usar a saída de água quente da maquina para isso. Este simples ato garantira um café perfeito e na temperatura correta.

Produto Coeficiente de troca térmica Peso Temperatura
Xícara 0,46 130g 25º C
Café 1 50ml (café expresso) 80º C
 
Q xicara Q água = 0
mc (t x – t c ) mc (t f – t i ) = 0
130 x 0,46 (t – 25) 50 . 1(t – 80) = 0
59,8t – 1495 50t – 400 = 0
109,8 t = 1895
T = 17,26º C
 

Recomendação Cafefacil.com

Muitas cafeterias possuem um grande fluxo de saída de café e necessitam de  um aquecedor de xícaras para garantir que o café saia na temperatura ideal.

Cup Warmer Espressione – Saiba Mais

 

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.