nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
29 out

Você Gosta de Cappuccino? Descubra essa Inovação

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Emulsificar o leite e preparar um cappuccino ficou muito mais rápido e perfeito.

Uma dica ótima para quem gosta de cappuccino e para quem precisa emulsificar leite para o preparo de bebidas, a Espressione que fabrica máquinas de café espresso acaba de lançar o Emulsificador Cremaker Latte Espressione, para o preparo de Cappuccino, Macchiato, Caffè Latte e muito mais.

Com o novo emulsificador da Espressione o leite fica cremoso em segundos e nunca foi tão fácil preparar um delicioso cappuccino, super cremoso com todo o sabor e frescor, com o Creme Perfeito! Veja no vídeo abaixo o Emulsificador Cremaker Latte Espressione em ação. Compre o seu Emulsificador Latte Espressione

 

COMPRE JÁ O SEU

CLIQUE AQUI

 

29 out

Alugar ou Comprar uma Máquina de Café?

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

A HISTÓRIA DO CAFÉ ESPRESSO NO BRASIL
Antes de começar a escrever sobre o que compensa mais, alugar ou comprar, é importante entender a história do Café Espresso no Brasil.

Em 1997, quando inicia o mercado de máquinas de café espresso, só existia, máquinas profissionais, o método aluguel e o segmento HORECA (hotéis, restaurante e Cafeterias).

As maquinas custavam muito caro, eram imensas, na grande maioria das vezes, muito maiores do que realmente seria necessário.

Não era comum encontrar Cafeteiras Espresso em empresas para servir funcionários, clientes ou em residências. Assim, se você quisesse desfrutar de um cremoso café espresso, só seria possível dirigindo-se a uma Cafeteria. Além disso, o preço de uma máquina de café, caso quisesse comprar, era acima de R$ 10.000,00.

Com o passar do tempo, Marcas Européias como: Saeco, Delonghi e Espressione começaram a perceber no Brasil uma grande oportunidade, trazendo máquinas para todos segmentos: residencial, empresarial e profissional.

A partir de então, o mercado de máquina de café Espresso no Brasil tomou um novo rumo. Atualmente você compra uma máquina de qualidade para sua empresa em 10x sem juros com parcelas de R$ 200,00. Caso deseja para sua residência, você encontra à vista por R$ 399,00. Assim, a compra de uma máquina de café hoje é muito comum.

MOTIVOS PELOS QUAIS AS EMPRESAS BUSCAM O ALUGUEL?

Diante desta tradição, formou-se o preconceito de encontrar no aluguel a melhor solução, inclusive no Brasil. Importante destacar que outros fatores contribuíram para esta formação de pensamento, tais como:

1)- Ver no aluguel a única forma de ter uma máquina de café em sua empresa

2)- Serviços terceirizados, sem necessidade de preocupação com o produto, por acreditar que lidar com uma máquina de café seja muito complicado.

3)- Acreditar que fica mais barato alugar do que comprar uma maquina de café.

4)- As empresas não vêem a compra de uma maquina de café com um "Investimento"

AS VANTAGENS DE COMPRAR UMA MÁQUINA DE CAFÉ

Combatendo e questionando os 4 itens que são a favor do aluguel, vamos comentar sobre as vantagens da compra.

1) Atualmente existem mais de 40 Marcas de Máquinas de Café e todas estão disponiveis on-line para comprar.
Nós recomendamos as seguintes marcas por excelência, para uso empresarial, para aqueles que se preocupam com a qualidade,durabilidade, e confiabilidade do produto, equipamentos capazes de produzir um verdadeiro café expresso::

Espressione: saiba mais

Hoje é possível adquirir um dos modelos acima por 10x sem juros de R$ 250,00, máquinas de excelente qualidade. Considerando que o valor de mercado do aluguel é de R$ 150,00/mês, e que você fica vinculado ao café da empresa; vê-se que a compra da máquina de café espresso é bem mais vantajosa.

2)
 Muitos se enganam com o fato de achar que alugar é melhor do que comprar, sob o argumento que naquele não haverá nenhuma preocupação.

Primeiro: você precisa ter conhecimento de que a maioria das máquinas oferecidas pelas empresas locadoras, são produtos bastante usados e que possivelmente já tiveram algum defeito em outro cliente. Assim, se você deseja receber visitas diárias do Representante para arrumar a máquina e ter dificuldades para tomar um café de qualidade, o aluguel é uma boa escolha.

Na compra você terá algumas preocupações, mas são tão pequenas que vale cada centavo investido.

Entenda como é fácil manusear uma máquina para uso empresarial. Veja os videos clique aqui:

Segundo: antes de utilizar o produto, é de extrema importância que você escolha uma tomada elétrica exclusiva para a máquina, pois, pesquisas realizadas com nossos clientes, apontam que o principal problema das máquinas de café espresso não funcionarem corretamente, está relacionado com problemas de instalação elétrica.

Atenção, muitas vezes, mesmo dedicando uma tomada exclusiva para máquina não é garantia de funcionamento perfeito. Chame um eletricista e diga que você irá colocar uma maquina, que absorve cerca 1300W a 2000W no local, certificando-se também de que sua rede não tenha oscilações.

Terceiro: é de extrema importância que você faça limpeza diária na máquina. Selecione um funcionário da sua empresa para isso. O procedimento é super fácil e isso garantirá a durabilidade de seu produto.

Na maioria das maquinas de uso empresarial, a parte que deve ser lavada pelo menos 1 vez por dia é o que chamamos de grupo. Veja a figura abaixo. Recomendamos só lavá-lo com água corrente. É só deixar escorrer água em abundancia por toda a peça. Não se preocupe em esfregar.
 

  3) Ao pensar que achar que uma máquina alugada você irá gastar menos, tome cuidado. Veja a comparação na tabela abaixo.

Considere que você queira ficar com uma máquina de café no mínimo 2 anos.

Alugar Comprar
R$ 150,00/mês R$ 250,00 em 10x sem juros
Total no periodo: R$ 3.600,00 Total no Periodo: R$ 2.500,00

Lembrando que, além de ser mais caro ter uma máquina alugada, você irá receber uma máquina usada, que estava em uso em outro cliente.

Justamente por causa disso, a qualidade do seu café será duvidosa. Assim, se você considera o valor do seu dinheiro e acredita que tomar café é uma experiência prazerosa, compre uma máquina de Café Espresso.

4) Se sua empresa não acredita que uma máquina de café espresso é um investimento. Realmente é uma pena.

Para os que vão oferecer como cortesia para os funcionários, lembre-se que café é prazer e momento de descontração. Se o café for ruim como espera proporcionar a sua equipe motivação?

Para os que vão oferecer para os clientes lembre-se de que você esta carregando a imagem da sua empresa em tudo o que oferece. Imagine em uma negociação fornecendo um café de péssima qualidade.

Diante de toda nossa experiência no mercado, garantimos que seguindo os passos acima, você terá muito sucesso na compra de uma Cafeteira Espresso.

APROVEITE E COMPRE JÁ A SUA.

Clique Aqui e Saiba mais

 

26 out

Barista vai além do simples café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Cabe ao profissional, entre outras tarefas, criar receitas novas e descobrir qual a melhor bebida para cada tipo de consumidor Adilson Camargo

 

Barista vai além do simples café

"A palavra barista de origem do italiano, barista é o profissional especializado em cafés de alta qualidade (cafés especiais), cujo principal objetivo é alcançar a "xícara perfeita". Também trabalha criando novos drinks baseados em café, utilizando-se de licores, cremes, bebidas alcoólicas, entre outros".

Barista. Você ainda vai se acostumar a essa palavra. Trata-se de uma profissão pouco conhecida atualmente, mas que está em franca expansão e, em pouco tempo, fará parte do cotidiano de muita gente, especialmente daqueles que gostam de um bom cafezinho. Barista é a expressão por trás de um café com qualidade, feito com arte e variedade. É a criatividade a serviço de uma das maiores paixões do brasileiro, que é tomar café .

O barista vai além de um enfeite bem feito sobre a crema do café. Ele é o responsável pelo sabor diferenciado e pela criação de um cardápio variado de bebidas quentes e geladas feitas à base de café, como capuccinos, coquetéis, expressos, machiatto e mocaccinos, entre outras.

O barista é a alma de uma cafeteria, como define o convite para a formatura da primeira turma de baristas formada em Bauru, em julho último. O curso foi oferecido pelo Senac e há previsão de uma nova turma no começo do ano que vem.

De acordo com o barista José Antônio Chaud, um bom indicativo de como o mercado está receptivo a esse tipo de profissional é analisar o número de cafeterias que abriram na cidade nos últimos anos. Ele toma como exemplo o Bauru Shopping Center, que até há pouco tempo tinha apenas uma cafeteria. Hoje são pelo menos cinco, além das lojas que criaram espaço próprio para servir a bebida aos clientes.

Para ele, a expansão das cafeterias vai deixar o consumidor mais exigente, e aí entra a importância do barista, pois é ele quem tem a função de dar um toque especial ao café, de agregar valor à bebida e de deixar aquele gostinho no cliente de "quero mais".

Consumo

Outra boa notícia para os profissionais da área é que o consumo interno de café não para de crescer. De acordo com estatística da Associação Brasileira da Indústria do café (Abic), nos últimos 20 anos o consumo aumentou 225%. Saltou de 8 milhões de sacas de café em 1990 para 18 milhões no ano passado.

Nesse tempo, o único ano que apresentou redução no consumo foi em 2003. Nos demais anos, o crescimento foi constante. Transformando as sacas em café, o Brasil chega à marca de quase 78 litros da bebida para cada habitante por ano.

De acordo com a Abic, este resultado aproxima o consumo per capita brasileiro ao da Alemanha e já supera os índices da Itália e da França, que são grandes consumidores de café. Por conta das pessoas estarem passando mais tempo fora de casa, a procura por cafeterias aumentou. Some-se a isso o crescimento da oferta de um café mais requintado em restaurantes, hotéis e outros espaços.

Nessa conta não entram os locais que oferecem café em garrafa térmica. Para os especialistas, o bom café é aquele servido na hora ou, no máximo, até 30 minutos depois de pronto. Depois disso, ele oxida e perde as características originais.

A Abic estima que o segmento de cafés diferenciados, dos tipos Superiores e Gourmet, embora represente a menor parte do consumo, continue apresentando taxas de crescimento de 15% ao ano.

Segundo Chaud, que ministrou o curso no Senac, devido a essa maior procura e nível de exigência do consumidor, o mercado está favorável aos baristas. De acordo com ele, a área está carente de mão de obra especializada.

Na opinião do barista, Bauru, por ter sido o berço de uma das maiores franquias nacionais de café, a Fran’s café, poderia estar em um patamar mais elevado nesse terreno. No entanto, embora de maneira tardia, a cidade, segundo Chaud, está partindo para um nível qualitativo maior. "Para isso, precisamos de profissionais qualificados, que entendam da arte de fazer um bom café", diz.

Segundo Guber Moysés, um dos organizadores do curso de barista, a ideia surgiu da constatação de que o ramo de cafeterias na cidade vem crescendo bastante nos últimos anos. Para ele, a grande procura pelo curso só confirmou as suspeitas de que existe uma demanda pouco explorada.

1% da produção é de alta qualidade

Embora o Brasil seja o maior produtor mundial de café, o País ainda está um passo atrás na produção de alta qualidade. Somente 1% do total produzido se enquadra nessa classificação. No entanto, a tendência é de crescimento. Segundo o barista José Antônio Chaud, a expansão das cafeterias é um indicativo de que está crescendo o público consumidor de café mais exigente, que procura um produto de melhor qualidade.

Curiosamente, um dos tipos de grãos considerados top de linha no mercado mundial surgiu em Botucatu, na Fazenda Lageado, que pertence à Universidade Estadual Paulista (Unesp). Trata-se do bourbon amarelo. Seu sabor adocicado e o aroma agradável fazem toda a diferença. Embora tenha surgido naquela região, essa variedade se adaptou melhor nas fazendas do sul de Minas Gerais.

Segundo Chaud, cabe aos baristas identificar os melhores grãos para preparar um café especial, que seja capaz de conquistar o consumidor. É ele quem tem a missão de descobrir qual o melhor tipo de café dependendo do gosto do cliente. Para isso, tem de conhecer o tipo de moagem que foi usado no processamento, a torra obtida, pois tudo isso interfere no sabor.

De acordo com Chaud, o bourbon tem sido um dos mais procurados pelo equilíbrio que ele tem entre acidez, doçura, amargor, corpo e aroma.

Segundo ele, é um tipo de café que é possível tomar sem adição de açúcar. Na opinião dele, o brasileiro ainda não aprendeu a valorizar o bom café. Isso explicaria a baixa produção do café de alta qualidade.

Segundo ele, o café de qualidade dificilmente provoca gastrite porque não contém impurezas e precisa de pouca ou nenhuma adição de açúcar. Chaud lembra que o excesso de açúcar também pode levar a um desconforto alimentar.

Xícara

Além da qualidade do grão, a xícara é outro elemento importante na busca pelo bom café. Ela tem de estar aquecida para não \"roubar\" o calor da bebida. Se ela for térmica, não precisa aquecer.

A temperatura da água também interfere. Água muito quente, além de queimar a língua, impede a degustação do café, o calor excessivo não deixa a pessoa sentir o gosto da bebida. Por isso, a recomendação é não deixar a água ferver no preparo do café. A fervura elimina o oxigênio da água e isso reflete no sabor.

Outro requisito: a água tem de ser filtrada. Quanto menor a presença de substâncias químicas na água, como cloro, melhor.

Mais uma particularidade, especialmente do café expresso, que os baristas preferem chamar de "espresso" (termo italiano), é não se esquecer da crema, ou seja, da espuma que fica na superfície do café. Ela ajuda a manter as características da bebida.

Se o café não é expresso, mas feito com o uso de coador, a dica do barista José Antônio Chaud é despejar a água sobre o pó da borda para o centro, em sentido espiral. Assim é possível extrair o máximo do pó.

E a principal dica é: fez o café, sirva. Evite armazenar em garrafa térmica. Mas se fizer isso, não guarde a bebida por mais do que meia hora. Chaud lembra que o café é uma fruta que contém açúcar natural, por isso, ela fermenta em pouco tempo e isso altera o sabor e as características da bebida e pode provocar "queimação".

Bebida estimula relacionamentos

"Vamos tomar um café?". Quem nunca recebeu um convite assim? Há muito tempo, os cafés transformaram-se em locais onde pessoas se reúnem para discutir assuntos importantes ou simplesmente jogar conversa fora. É um momento também de aliviar a tensão. O ritual do cafezinho é uma tradição que sobreviveu a todas as transformações da sociedade.

Nos supermercados, é um dos espaços mais frequentados. E, nos últimos anos, houve uma onda provocada pelas modernas máquinas de café expresso, que revolucionaram o hábito do cafezinho, permitindo um crescimento vertiginoso das cadeias de lojas de café.

O barista José Antônio Chaud lembra que o café é, para muitas pessoas, o desjejum, ou seja, sua primeira alimentação. Além disso, é o que leva as pessoas a terem os primeiros contatos no dia, seja em casa ou no trabalho.

Chaud comenta que um de seus sonhos é levar o projeto café para as escolas. Na opinião dele, a bebida pode ajudar a despertar as crianças e a aumentar o nível de concentração nas aulas.

‘O café faz parte da minha infância’, afirma psicóloga

Quando a psicóloga Ana Karina Barbosa ouviu do médico que ela teria de abandonar o café para resolver o problema de gastrite, as palavras não soaram agradáveis ao seus ouvidos. Se sua cura dependesse realmente disso, ela não sabe dizer se o tratamento teria sucesso. Isso porque riscar o café de seu dia a dia seria uma das recomendações mais difíceis de cumprir.

Apesar da ordem médica, Ana Karina não pensou em nenhum momento em largar o café. Afinal de contas, ela tem uma relação afetiva com a bebida. \"Ela faz parte da minha infância. Eu adorava tomar café na casa da minha avó. O cheiro era maravilhoso\", relata. Por conta dessa memória afetiva e olfativa que o café desperta nela, a psicóloga ficou pensando numa saída menos traumática.

Conversando com outros apaixonados por café, ela recebeu o conselho de mudar o hábito. Ao invés de café em pó, começar a comprar café em grãos, que é mais fácil observar se tem alguma impureza. Com isso, terá a garantia de que estará tomando um café puro, sem pedaços de pau, terra ou outras substâncias que, porventura, são misturadas ao pó.

Ana Karina não acreditou que isso pudesse fazer muita diferença, mas decidiu tentar. Comprou um moedor e passou a comprar café em grãos. Segundo ela, desde então, a gastrite simplesmente desapareceu. A psicóloga não toma mais café em garrafa térmica. Só em cafeterias ou em casa.

DICA CAFÉ FÁCIL

Barista veja em nossa Loja

Tamper – Calcador de Café Cafefacil.com 53mm

 

15 out

Melhores Cafés de São Paulo

Publicado por Raissa Comentários Fechados

Melhores Cafés de São Paulo serão conhecidos 4ª feira, dia 20 de outubro de 2010

O 9º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo – Prêmio Aldir Alves Teixeira, entra na próxima semana em sua etapa final. Concorrem 78 lotes de café inscritos, todos finalistas dos concursos regionais realizados por 14 entidades do Estado, entre cooperativas, associações e sindicatos rurais que, juntas, reuniram mais de 800 participantes iniciais.

 

Na segunda e terça-feira (dias 18 e 19/10), das 9h às 17h, a Comissão Julgadora, integrada por especialistas renomados, estará reunida na Sala de Provas da Associação Comercial de Santos para avaliar e provar todas as amostras. Apenas 11 lotes serão finalistas, sendo 5, na categoria Café Natural; 5 na categoria Café Cereja Descascado / Despolpado, e 1 na categoria Microlote, criada este ano.

 

A Comissão Julgadora é integrada por Aloísio Aparecido Lusvaldi Barca (BM&F), Cândido José Ribeiro (Sindicafé – SP / Centro de Preparação de Café), Camila Regis A. Teles (Ital), Clóvis Venâncio (Alfenas Café/BSCA), Sérgio Carvalhaes (Escritório Carvalhaes / Câmara Setorial do Café), David Teixeira (Walters / Associação Comercial de Santos), e por Carlos Roveri (ABIC)

 

Leilão dos Cafés Premiados

 

Os lotes finalistas serão divulgados na quarta-feira (20), com descrição completa dos cafés, seus produtores, entidades, cidades e pontuação de qualidade. Esses cafés premiados serão leiloados no dia 29 de outubro, em pregão aberto para torrefadoras, cafeterias, restaurantes, hotéis e pessoas físicas ou jurídicas, de qualquer área. Os  cafés premiados terão preço mínimo para lance comprador, que variará em função da nota de qualidade. Quanto maior a nota de qualidade, maior será o preço mínimo das sacas.

 

A ficha de inscrição para participação no leilão pode ser acessada no site www.sindicafesp.com.br. Os lances compradores poderão ser entregues na sede do Sindicato da Indústria de Café do Estado de São Paulo (Praça Dom José Gaspar 30, 22º andar – Centro – São Paulo/SP), ou enviados pelo fax 11 – 3125 3169.

 

Novidade: esse ano, os lances poderão ser dados também via e-mail (camarasetorial@sindicafesp.com.br), desde que o interessado tenha se inscrito até três dias antes do pregão.

 

O resultado do leilão será divulgado dia 5 de novembro, durante cerimônia no Museu do Café, em Santos, sendo declarado vencedor aquele produtor que obtiver o maior lance para o seu lote, e declarada empresa campeã a que tiver dado esse lance. Os cafés adquiridos no leilão formarão a Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo, que estará à disposição dos consumidores, em embalagens identificadas por selo numerado, a partir da segunda quinzena de dezembro.

 

De acordo com Eduardo Carvalhaes, coordenador do concurso, todos esses eventos têm como objetivo incentivar cafeicultores e industriais a promoverem a qualidade dos cafés paulistas, oferecendo aos consumidores produtos especiais e diferenciados. A promoção é da Câmara Setorial de Café de São Paulo e da CODEAGRO – Coordenadoria de Agronegócios da Secretaria da Agricultura do Estado, e conta com a parceria do Sindicato das Indústrias de Café de São Paulo, da ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café, da ACS – Associação Comercial de Santos e do Museu do Café do Brasil. 

 

Relação dos Cafés finalistas – Abaixo, a relação dos 78 lotes que disputam o 9º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo – Prêmio Aldir Alves Teixeira.

Cafés Finalistas do 9º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo

1

Associação Agropecuária Barra Grande

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Valdir José Ferreira

Sítio Boa Vista

Caconde

 

 

x

 

José Antônio Faconi

Sítio Jaboticabal

Caconde

x

 

 

 

Luiz Antonio Poli

Sítio Pau'Dalho

Caconde

x

 

 

 

Mario Aurilietti

Sítio Boa Vista

Caconde

x

 

 

 

João Paulo Antonio Many

Santa Rosa

Caconde

 

x

 

 

Miriam Rejani Muniz Basilli

Sítio Escondido

Caconde

 

x

 

 

Roberto Ribeiro Bazilli

Sítio Boa Vista do Engano

Caconde

 

x

 

 

 

2

Associação Cafeicultores de Serra Negra e Região

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Antonio José Valler

Sítio Santo Antonio

Serra Negra

x

 

 

 

Jorge Luiz Lastoria

Sítio São Jorge

Serra Negra

x

 

 

 

José Fernando de Godoy

Sítio São Sebastião

Serra Negra

x

 

 

 

 

3

Associação Cafeicultores do Vale da Grama

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Edie Odair Bernardi

Sítio Santa Rita

São S. da Grama

x

 

 

 

Lucia Maria da Silva Dias

Fazenda Santa Alina

São S. da Grama

x

 

 

 

Eliane de Andrade C. Nogueira

Fazenda Água Limpa

São S. da Grama

x

 

 

 

Antonio Gabriel Taramelli

Fazenda São Caetano

São S. da Grama

 

x

 

 

Lindolpho de Carvalho Dias

Fazenda Cachoeira da Grama

São S. da Grama

 

x

 

 

Eliane de Andrade C. Nogueira

Fazenda Água Limpa

São S. da Grama

 

x

 

 

 

4

Associação dos Cafeicultores  de Montanha de Divinolândia – APROD

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Paulo Cesar Auriglietti

Sítio Agua Fria

Divinolandia

 

 

x

 

Donizete Ap Auriglietti

Sítio Agua Fria

Divinolandia

x

 

 

 

Sergio Luis Ricetto

Sítio Pinhalzinho

Divinolandia

x

 

 

 

Marcos Aurelio Ricetto e Outros

Sítio Contendas

Divinolandia

x

 

 

 

Antonio Zani e Outros

Sítio São José

Divinolandia

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

5

Associação dos Prod Cafés Especiais de Santa Luzia e Região

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Antonio Ragazzo Júnior

Sítio Pé da Serra

Esp Santo do Pinhal

x

 

 

 

Arnaldo Franco Moraes e Outro

Fazenda Santana

Santo Ant do Jardim

x

 

 

 

Fábio Colletti Barbosa

Fazenda Nova Cintra

Esp Santo do Pinhal

x

 

 

 

Arnaldo Franco Moraes e Outro

Fazenda Santana

Santo Ant do Jardim

 

x

 

 

Humberto Pascuini

Sítio Recreio Nossa Sra Carmo

Esp Santo do Pinhal

 

x

 

 

Galvani Agropecuária

Fazenda Santa Cecília

São João Boa Vista

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

6

Associação dos Produtores Cafés Especiais Alta Mogiana

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

José Lancha Filho

Fazenda Santa Terezinha

Franca

 

 

x

 

Alexandre T. Engler Pinto

Fazenda Santa Tereza

Jeriquara

x

 

 

 

José Luiz Sanmarco Palma

Fazenda Esperança

Altinópolis

x

 

 

 

José Milton de Souza

Fazenda São Lucas

Franca

x

 

 

 

Francisco A. Rios Corral

Fazenda Santana

Pedregulho

 

x

 

 

Fernando Martins de Barros

Fazenda São José

Nuporanga

 

x

 

 

Wagner C. Ferrero

Sítio Cachoeira

Santo Ant da Alegria

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

7

Coop Agrícola da Zona do Jahu

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Sidney Aparecido Faxina

Sítio Queixada

Dois Corregos

x

 

 

 

Rosalina Gazola Spigolon

Sítio São Bento

Torrinha

x

 

 

 

Marcos José Perdoná

Sítio São Pedro

Dois Corregos

x

 

 

 

Emp Agrop Jeonne D'Arc Ltda

Sítio Estrela Branca

Dois Corregos

 

x

 

 

Maria Balestri Sanzogo

Sítio São Pedro Barra Mansa

Itapui

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

8

Coop Cafeicultores Agropecuaristas – COCAPEC

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Célio Izidoro Pereira

Sítio Izidoro

Itirapuã

x

 

 

 

José Orlando Cintra Filho

Fazenda Brejão

Pedregulho

x

 

 

 

Paulo Rogério Pullini Aparecida

Sítio Nossa Senhora Aparecida

Serra Negra

x

 

 

 

Ailton José Rodrigues

Fazenda São Domingos

Pedregulho

 

x

 

 

Maurivan Rodrigues

Fazenda Santa Cruz

Pedregulho

 

x

 

 

Nirvaldo Antônio Rodrigues

Fazenda da Lagoa

Pedregulho

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

9

Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Marilia

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Alfredo Jacomini Junior

Fazenda Sto Ant B. Vista – Gleba II

Garça

x

 

 

 

Florindo Marconato

Sítio Nossa Senhora Aparecida

Marilia

x

 

 

 

Luiz Antonio D'Eugenio

Estância Água Clara

Getulina

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

10

Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Pinhal

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Valdir Inácio

Sítio Terra Nova

Esp Santo do Pinhal

x

 

 

 

Claudio Antônio Ribeiro

Fazenda Santo Antonio

Esp Santo do Pinhal

x

 

 

 

Maria Aparecida F. Azevedo

Fazenda São Francisco Serra

Esp Santo do Pinhal

x

 

 

 

Carmen Lydia A. Sertorio

Fazenda São Benedito Frutal

Sto Ant do Jardim

 

x

 

 

Manoel Carlos Gonçalves Jr

Fazenda Santa Luzia

Esp Santo do Pinhal

 

x

 

 

Mário Alves Barbosa Neto

Sitio Ouro Verde

Esp Santo do Pinhal

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

11

COOXUPÉ

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Asdrubal Marques Cardoso

LAGE

São S. da Grama

x

 

 

 

José dos Santos Cecilio Filho

Sítio Santo Antonio

São S. da Grama

x

 

 

 

Esmerino Joaquim Ribeiro do Vale

Fazenda Floresta

Caconde

x

 

 

 

Esmerino Joaquim Ribeiro do Vale

Fazenda Floresta

Caconde

 

x

 

 

Lucia Maria da Silva Dias

Fazenda Santa Alina

São S. da Grama

 

x

 

 

Virgolino Adriano Munic

Santa Maria

Caconde

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

12

PROCED

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

José Emílio Lisboa

Chácara Boa Vista

Piraju

 

 

x

 

Marcio Luiz Bergamo Favaro

Sítio Alvorada

Sarutaia

x

 

 

 

Norival Favaro

Fazenda São Marcos

Sarutaia

x

 

 

 

Luiz Carlos Bersi

Fazenda do Cedro

Tejupá

x

 

 

 

Marcio Luiz Bergamo Favaro

Sítio Alvorada

Sarutaia

 

x

 

 

José Romeu Aith Favaro

Estância Tijuco Preto

Tejupá

 

x

 

 

João Antonio Garrote

Estância São Francisco

Itaí

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

13

Sindicato Rural de Altinópolis

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Célio Fontão Carril

Fazenda Cascata

Altinópolis

x

 

 

 

Versi Crivelenti Ferrero e Outros

Fazenda Bau I

Itamogi

x

 

 

 

Carlos Leonel Vicentini

Fazenda Santo Antônio do Alto

Altinópolis

x

 

 

 

Versi Crivelenti Ferrero e Outros

Fazenda Bau I

Itamogi

 

x

 

 

 

 

 

 

 

 

14

Sindicato Rural de Amparo

 

Produtor

Fazenda

Cidade

Café Natural

Café CD

Micro Lote

 

Francisco Assis de Lima

Sítio São Luiz

Monte Alegre do Sul

 

 

x

 

Antonio Zanqueta Longo

Sítio Santa Fabiana

Serra Negra

x

 

 

 

Marcilio Zequinatto Marchi

Sítio Santa Rosa de Lima

Serra Negra

x

 

 

 

Ricardo Bacellar Wuerkert

Fazenda Palmares

Amparo

x

 

 

 

Loris Ramos Heleno

Fazenda Quintas da Serra

Amparo

 

x

 

 

Regina Beatriz G. R. Queiroz de Moraes

Fazenda Boa Esperança

Bragança Paulista

 

x

 

 

Ricardo Bacellar Wuerkert

Fazenda Palmares

Amparo

 

x

 

 
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios – CODEAGRO
Câmaras Setoriais dos Agronegócios

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.