nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
29 jun

Receita – Batatas gratinadas com café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 

Ingredientes

1 kg de batatas cozidas
100g de mussarela cortada em cubinhos
100g de presunto cortado em cubinhos
1 cebola picada
1 tomate picado
1 peito de frango cozido e cortado em cubinhos ou desfiado
1 lata de creme de leite
1/3 xícara de café preparado forte
150g de queijo ralado, sal, orégano, cheiro-verde a gosto
1/2 lata de milho verde

Modo de preparo

Coloque em um refratário uma camada de batata e em outro misture o queijo, o presunto, o frango, a cebola, o tomate e os temperos. Em uma vasilha misture o café, o queijo e o creme de leite. Faça camadas alternadas com a batata, o queijo e por último o creme de leite. Leve ao fogo para gratinar.

Rende aproximadamente 20 porções.

IBGE TEEM

28 jun

Dicas quentes para preparar seu cafezinho

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Para preparar seu cafezinho, não se esqueça destas dicas quentes:

Evite a água da torneira para o preparo do café. O excesso de cloro na água pode alterar o sabor, por isto prefira água filtrada ou mineral;

O pó não deve ser reaproveitado.

Não recircule a bebida, isto a deixa amarga.

Quando for utilizar pela primeira vez um coador de pano, ferva-o em água misturada com café, para tirar o cheiro do tecido.

Consuma o café logo que for feito, pois ele começa a perder suas características 15 minutos depois de pronto. Se não vai beber muito, faça um pouquinho de cada vez.

Antes de servir o café, agite-o levemente para uniformizar a mistura.

O café já ficou pronto? Agora veja para que mais serve o pó e a borra de café!

Para clarear e limpar a pia e o chão de cozinha, utilize a borra do café.

O pó de café, colocado num copinho dentro da geladeira, ajuda a eliminar os maus cheiros;

Um bom adubo: borra do café em vasos de flores e plantas

28 jun

Lendas do Café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Café forte

Dizem que o café foi criado pelo arcanjo Gabriel, que quis oferecer ao profeta Maomé uma bebida que o revigorasse. Parece que o efeito foi bom mesmo: Maomé bebeu o café e tornou-se capaz de derrubar quarenta cavaleiros e conquistar quarenta mulheres. A lenda só não diz quanto o profeta teve que beber para conseguir a façanha!

Café santo

Quando o café chegou à Itália, no século XVII, foi boicotado por alguns cristãos fanáticos, que achavam que o produto era uma "invenção de Satanás". Só que, quando o Papa experimentou, gostou tanto que resolveu abençoar o café para vencer Satanás – e tornar o café a bebida cristã.

Café com música

Na Alemanha, o café era servido com música. O casamento das duas paixões alemãs é a "Cantata ao Café", composta por Johann Sebastian Bach para ser tocada nos estabelecimentos onde a bebida era servida – as Kaffehaus.

Café misterioso

Os turcos conheciam bem o café e foram um dos povos a levá-lo à Europa. Ocuparam Viena, mas tiveram que abandonar a cidade quando chegaram as tropas libertadoras. Foi o maior alvoroço e, na pressa, deixaram várias sacas de um produto misterioso. O que seria? Um homem que já havia vivido no Oriente reconheceu ali o café e aproveitou para vendê-lo, com açúcar e chantilly. Este é o famoso café vienense.

Café brasileiro

O café chegou ao Brasil no século XVIII, envolto em lendas e romance. A fruta, que já era plantada na Guiana Francesa, estava proibida aos portugueses. O sargento-mór Francisco de Melo Palheta foi designado para trazê-la e, conta-se, só teria conseguido porque a esposa do governador da Guiana, apaixonada por Palheta, o teria presenteado com sementes do "ouro negro". Não se pode ter certeza sobre a paixão da primeira-dama, mas seu papel foi fundamental no contrabando das sementes proibidas.

Café brasileiro II

O café foi o produto que veio a substituir a exploração do ouro e da cana-de-açúcar na era pós colonial, acompanhando assim o desenrolar da economia da época. Espalhou-se pela Região Sudeste, em que o clima era bastante propício, e por conta disto surgiram e se desenvolveram importantes cidades. Junto com o desenvolvimento, porém, trouxe o desmatamento. Nossa Mata Atlântica foi dizimada. A Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro, é a maior floresta urbana do mundo, mas não sobraria muita coisa para contar a história se não fosse pelo processo de reflorestamento, que recuperou a mata devastada pelas plantações.

27 jun

1830: Ciclo do Café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 

O Lavrador de Café - Candido Portinari

Lavrador de Café (1939), obra de Candido Portinari. Quadro do acervo do Museu de Artes de São Paulo (MASP), que foi roubado em 2007 e recuperado dezenove dias depois. Imagem extraída do Wikipédia.

A partir de 1830, o café se transformou no principal produto das exportações brasileiras. Foi cultivado inicialmente no Rio de Janeiro e posteriormente, a produção estendeu-se para Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

Entre 1840 e 1850, o café representava mais de 40% do total das exportações brasileiras. O açúcar ainda representava 27% e o algodão 8%. Nas décadas de 1920 e 1930, o Brasil continuava dependendo da monocultura agrícola, quando 70% das exportações brasileiras eram originadas do café.

Fonte (texto adaptado):
"500 anos de história do Brasil: resumo esquemático", de Ives Gandra da Silva Martins Filho (livro)

26 jun

1929: Queda da Bolsa de NY

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

A economia norte-americana saiu fortalecida da Primeira Guerra Mundial e o país passou de devedor a credor internacional. As exportações em 1919 foram três vezes superiores ao volume de 1913. Entretanto, o aumento exponencial da produção não tinha mais mercado consumidor e essa situação se refletia na Bolsa de Valores de Nova York. Ações de grandes empresas caíram vertiginosamente e a venda dos papéis só piorava a situação.

Depois de uma grande expansão na década de 20, o mundo financeiro implodiu com a quebra da Bolsa de Nova York em outubro de 1929. A maior economia do mundo diminuiu as importações, pois o mercado interno já estava saturado.

Em 1926, mais de 50% do café consumido no mundo era brasileiro. Em princípio, era uma posição confortável, mas a recessão mundial mostrou a nossa dependência externa. O preço do café despencou e o Brasil teve que, literalmente, queimar seus estoques. Toneladas de café foram destruídas em uma atitude desesperada de diminuir os prejuízos. Como mais de dois terços da economia brasileira era baseada no café, o País quebrou.

Fonte:  Livro "Toda a história – História Geral e História do Brasil" de José Jobson de A. Arruda e Nelson Piletti (texto adaptado).

25 jun

IDOR cria Unidade de pesquisa do "café e cérebro"

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Unidade de pesquisa do "café e cérebro"

A convite do Instituto D’OR de Pesquisa e Ensino a ABIC participou, no dia 13 de março, do I Encontro Pensando em Café que promoveu e consolidou a criação de uma Unidade de Pesquisa dedicada ao estudo do “Café e Cérebro” e, em homenagem ao grande trabalho do Dr. Darcy Lima, a mesma foi nomeada Unidade de Café e Cérebro Dr. Darcy Lima.

A Unidade do Café e Cérebro do IDOR tem como missão estudar a relação do aroma do café associado ao prazer gerado pela bebida, com o potencial de melhoramento e desenvolvimento de novos produtos baseado em parâmetros neurocientíficos, bem como revelar atividades ainda desconhecidas dos diversos compostos presentes na bebida café.
No evento foram destacados alguns atributos positivos  do café e apresentado as linhas de pesquisa que o instituto pretende desenvolver na área de café.

1.   SENSAÇÃO DE BEM ESTAR

O aroma do café estimula áreas de prazer no cérebro
O aroma do café, o mais rico da natureza, nos faz despertar e ficar logo de bom humor. O olfato é o mais importante dos nossos sentidos para a escolha da comida, da bebida, perfumes, vinhos e etc.. Tudo que é mais cheiroso é mais gostoso. É o olfato que desperta o desejo, o interesse por uma flor ou um perfume e é ele que regula a fisiologia da paixão.
O cheirinho de café causa efeitos misteriosos no nosso cérebro e por esta razão o Dr. Jorge Moll vem realizando estudos,  utilizando neuroimagem funcional, especialmente a ressonância magnética funcional (RMf), para a verificar a percepção olfativa e gustativa em humanos, onde o café se destaca pela riqueza de voláteis e os resultados apresentados até o momento mostraram que os cafés de qualidade estimulam regiões vitais para o prazer no sistema límbico, da mesma forma como o amor e o bem-estar de uma amizade o fazem.
Os projetos que serão desenvolvidos nesta área são:
·         Estudos das imagens cerebrais da experiência olfativa e gustativa do café
Pesquisadores responsáveis: Jorge Moll, MD. Ph.D. / Fernanda Tovar-Moll, Ph.D.
Fernando Paiva, Ph.D. / Marcelo Cossenza, Ph.D.
·         Estudo neuroquímico dos componentes voláteis do café possivelmente responsáveis pelos efeitos sensoriais positivos do café;
Pesquisadores responsáveis: Marcelo Cossenza, Ph.D./ Jorge Moll, MD. Ph.D. / Fernando Paiva, Ph.D

2.    CAFÉ PODE PREVINIR DOENÇAS

A propriedade antioxidante dos compostos fenólicos em geral tem sido bastante valorizada a partir dos anos 90, principalmente pelo fato de tais compostos serem encontrados naturalmente no reino vegetal. Muitos produtos à base de “antioxidantes” são comercializados com alegações de que, por bloquearem a ação dos radicais livres, podem ajudar a prevenir doenças cardíacas, câncer e várias outras condições associadas com o envelhecimento . Alguns pesquisadores provaram haver um aumento da capacidade antioxidante no plasma humano após a ingestão de café, o que foi atribuído aos seus compostos fenólicos
Existem atualmente inúmeros estudos realizados com diferentes populações de pacientes como diabéticos, alcoólatras, cirróticos , aidéticos, cancerosos que consomem regularmente café comparados com aqueles que não fazem uso da bebida e apresentam resultados estatísticos importantes, que levam a hipótese do uso regular do café como parte do tratamento preventivo contras estas doenças
Entretanto, faltam estudos clínico-farmacológicos que façam a ponte entre os estudos clínicos (epidemiológicos) e os estudos em animais (farmacológicos), ou seja, se faz necessária a determinação de compostos que estejam presentes no café e biodisponíveis em humanos e capazes de promover os efeitos benéficos observados.
Por isto o IDO’R está estudando as atividades farmacológicas de diferentes constituintes do café em ensaios ‘in vitro’ e ‘in vivo’ para ampliar  e reforçar as pesquisas dos efeitos preventivos do café em algumas doenças como Parkinson, retinopatia diabética e tumores cerebrais.
Os projetos que serão desenvolvidos nesta área são:
·         Estudos de atividades farmacológicas de diferentes constituintes do café Pesquisadores responsáveis: Roberto Paes de Carvalho, Ph.D. / Vivaldo Moura Neto, Ph.D.Fernanda Tovar-Moll, Ph.D./ Fernando Paiva, Ph.D. / Karin da Costa Calaza, Ph.D.Marcelo Cossenza, Ph.D. / Rodrigo A. Cunha, Ph.D./ Regina Célia Cussa Kubrusly, Ph.D.
·         Estudo multicêntrico do consumo de café pela população jovem e seu rendimento acadêmico e hábitos sociais; Pesquisadores responsáveis: Darcy Roberto Lima MD., Ph.D. / Roseane M. Santos, MS, Ph.D./ Jorge Moll, MD. Ph.D.
·         Identificação dos biomarcardores do consumo de café em humanos: dosagem de ácidos clorogênicos, quinídeos, ácido cafeico e cafeína; Pesquisadores responsáveis: Roseane M. Santos, MS, Ph.D./ Darcy Roberto Lima, MD., Ph.D./ Jorge Moll, MD. Ph.D.
Devido a grande importância do assunto a ABIC irá acompanhar as pesquisas e divulgar, em seus informativos, o andamento e resultados  dos estudos que serão desenvolvidos pelo ID’OR .

Caso queiram podemos encaminhar o detalhamento dos projetos, basta solicitar a monica@abic.com.br e mais informações consulte o site www.idor.org

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.