nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
28 fev

Origem do Café, uma planta descoberta por pastores de cabras

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

A Planta foi descoberta por pastores de cabras.

Sabe-se que, atualmente, o Brasil é o maior produtor de café do mundo. Mas quem teria sido o primeiro país a cultivar a planta?…

Segundo a publicação "Cultura de Café", editada pelo Instituto Campineiro de Ensino Agrícola, o chamado "ouro negro" foi introduzido pelos árabes, inicialmente na região da Etiópia, antiga Absínia (África) e Iêmen (Arábia), às margens do Mar Vermelho.
Planta estimulante – Estima-se que o café seja conhecido há mil anos no Oriente Médio, especialmente na região de Kafa (daí o nome "Café"). Mas o primeiro registro comprovado da existência da planta é do século XV (por volta do ano de 1.400 d.c.). Nessa época, o café foi descoberto por pastores de cabras etíopes. Eles notaram que quando os animais comiam uma pequena cereja (o fruto do café) tornavam-se mais espertos e resistentes.

Kaldi (nome de um desses pastores) passou a colher as cerejas do café e preparar, para seu próprio consumo, uma tonificante pasta feita com cerejas esmagadas e manteiga. Os árabes, vizinhos do Oriente Médio, foram os primeiros a cultivar o café (por isso o nome Coffea arabica – nome científico de uma das mais importantes espécies de café). Os árabes foram também os primeiros a beber o café – em vez de comer ou mascar, como faziam os pioneiros pastores da Etiópia.

Café é o remédio – É interessante notar que na África, berço do café, houve pouco interesse no cultivo da planta até a Primeira Guerra Mundial. Só depois de 1918 é que se iniciou naquele continente a expansão cafeeira, estimulada pelas metrópoles européias. A sabedoria dos nativos africanos porém, já levava-os a explorar as propriedades medicinais da planta há pelo menos dois séculos antes. Quando os europeus chegaram ao ex-Congo Belga, por exemplo, as tribos já haviam descoberto há muito tempo os efeitos estimulantes de bebidas preparadas com folhas de cafeeiros.

26 fev

Macarons um doce diferente dependendo da região da França

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Viagem a Paris – Gastronomia – Macarons

by Carla Duclos

Paris - Ladurée  - Macaron

Macarons da Ladurée

Macarons

Macaron é o nome em francês e em português de um pequeno biscoito  redondo, crocante por fora e macio por dentro, que tem como base no seu preparo claras em neve, açúcar e farinha de amêndoas. O doce é diferente dependendo da região da França e o que acabou se tornando muito popular atualmente é a versão parisiense do macaron. Ela foi criada por Pierre Desfontaines na Ladurée (fundada em 1862), no começo do século 20 e é composta de dois biscoitos bem leves (claras em neve, açúcar e farinha de amêndoas) recheadas com um creme. Ele é feito em diferentes sabores, biscoito e recheio, e é colorido.
Paris - Ladurée  - Macaron

Em inglês a tradução de macaron é macaroon. E a versão parisiense seria chamada de parisian macaroon. No entanto, começou-se a usar em inglês a palavra macaron com a grafia francesa para se referir à versão parisiense do doce. E o termo macaroon, é muito usado para se referir às outras versões dele que são bem diferentes e nada lembram o parisiense.  Isso acaba causando uma confusão de nomes que levei um tempo pesquisando para entender. Mas, o que entendi é que é um único nome que se refere a diferentes versões do doce, das quais uma delas é a parisiense. Há versões de macaron até mesmo fora da França. A Larrousse Gastronomique, por exemplo, contém apenas a palavra macaroon e conta sua história e variações. As páginas da Wikipedia em inglês, na minha opinião estão confusas quanto aos termos. Acabei recorrendo a versão em Francês pra tentar entender um pouco melhor essa questão dos nomes.

A origem da receita do macaron, segundo a Larousse Gastronomique, vem da Itália, particularmente Veneza, durante a Renascença. O nome vem da palavra italiana maccherone e Veneziana, macarone. Há também quem diga que a receita original vem de Cormery na França e outros que dizem que foi levada da Itália pra França pela Catherine de Médici. Ainda segundo a Larousse, os macarons vem sendo preparados desde o ano 791 em monastérios e diz a lenda que eram feitos no formato dos umbigos dos monges.

Paris - Pierre Hermé - Macaron

Macarons do Pierre Hermé

Paris - Pierre Hermé - Macaron

Ladurée e Pierre Hermé

Da famosa versão parisiense dos macarons, há pelo menos duas patisseries que carregam o nome de terem os melhores macarons de Paris,  a Ladurée e o Pierre Hermé.

Na minha primeira viagem a Paris, eu já ouvira falar dos macarons, conhecia o Pierre Hermé, mas acabou que não tivemos tempo de ir até a loja do PH e acabei apenas experimentando um aleatório, numa patisserie na Champs-Elisées. E eu achei bastante bom, mas ficou gostinho de quero mais e os melhores.

Desta vez eu já descobrira também a Ladurée e fui pra Paris com os dois na lista pra provar. E realmente, a fama deles não está só nome, os macarons são realmente deliciosos! A qualidade e o sabor são excepcionais.

Paris - Ladurée  - Macaron

Paris - Ladurée  - Macaron

Vitrine da Ladurée

Pierré Hermé e Ladurée geralmente se revezam entre o primeiro e segundo lugar na preferência de quem os prova. Na minha escala ficou a Ladurée em primeiro e o PH em segundo. O Pierre Hermé é conhecido por criar sabores mais exóticos, como morango com vinagre balsâmico e azeite de oliva e baunilha, ambos deliciosos, e a Ladurée é mais clássica. A Ladurée vem com uma porção mais generosa de recheio, o que eu gostei mais, e isso pode ser um dos fatores que divide a preferência entre eles. A Simone Izumi do Chocolatria, em seu relato “Paris: Gourmandises“, já acha que os do PH tem o recheio na medida certa o que os tornam seu favorito.

Nas duas lojas o que fiz foi pedir uma caixinha com um macaron de cada um dos sabores disponíveis. Eu e o maridão dividimos um por um e eu ouvi dele, ao comer um da Ladurée, “agora você me convenceu com os macarons“.  Dois sabores sazonais da Ladurée estavam de matar, o de coco e o de cassis. Eu poderia voltar à loja e comprar uma caixa só com esses 2 sabores. Não tivemos tempo para voltar, mas fica pra próxima, que eu espero que tenha.

Tags:
25 fev

Onze Curiosidades sobre a história do café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Curiosidades sobre a história do café

 

1. O primeiro café público na Inglaterra surgiu em 1650. Desde então, as casas de cafés eram freqüentadas assiduamente por homens profissionais como médicos, físicos, artistas, matemáticos, filósofos, conservadores e revolucionários… Em 1674, as mulheres de Londres publicaram um documento contra o café, alegando que os homens preferiam ficar se divertindo nas cafeterias a ficar em casa cumprindo seus deveres.

2. Em 1475, foi promulgada uma lei árabe permitindo à mulher pedir o divórcio, se o marido fosse incapaz de lhe prover uma quantidade diária da bebida.

3. A Floresta da Tijuca, bem como o complexo formado pelo Morro da Urca e do Pão de Açúcar, já abrigaram extensos cafezais durante o século XIX. Um militar, comandando um pequeno grupo de escravos, foi incumbido de repovoar com espécies nativas toda a região, seguindo a orientação de Dom Pedro II. Este temia que o desmatamento acarretasse o desabastecimento de água potável para o Rio de Janeiro.

4. O historiador Afonso de Taunay é o autor da maior obra sobre um único tema: História do Café no Brasil – com 15 volumes e 6.650 páginas.

5. Alberto Santos Dumont era filho de um grande cafeicultor da região de Ribeirão Preto, estado de São Paulo. Dizem que Santos Dumont descobriu sua vocação para mecânica enquanto brincava de montar e desmontar a máquina de beneficiamento de café.

6. Com a “Crise de 29”, milhões de sacas de café estocadas foram queimadas e milhões de pés de café foram erradicados no Brasil, na tentativa de estancar a queda contínua de preços provocada pelos excedentes de produção.

7. O Brasil é o maior produtor e o segundo maior consumidor de café do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos.

8. Os primeiros expressos em Portugal foram vendidos no café A Brasileira, em Lisboa. Muitos clientes acharam o gosto do produto um tanto amargo. Para contornar o problema, a direção da cafeteria criou um slogan para atrair os clientes: Beba Isso Com Açúcar. A campanha deu certo e a frase ficou tão marcada que o uso das iniciais de cada palavra – bica – passou a ser sinônimo de cafezinho no país.

9. O café coado é o mais consumido no Brasil (93%), seguido do instantâneo (15%), do cappuccino (11%) e do expresso (8%).

10. Em 24 de maio é comemorado o Dia do Café.

11.A designação “espresso” com ‘s’ é a usualmente correta, pois significa café retirado sob pressão, diferente do “expresso” com ‘x’, que significa rapidez no preparo. O nome “espresso” surgiu na Itália, onde o processo foi popularizado em 1946, quando o seu inventor, Achille Gaggia, começou a vender máquinas de café sob pressão.

22 fev

Você sabia que beber café pode ser a solução para muitas doenças?

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Os benefícios do café para a saúde

Você sabia que beber café pode ser a solução para muitas doenças?

O café é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo, apesar de alguns preconceitos. Entretanto, tomar um "cafezinho" em doses moderadas pode trazer à saúde mais benefícios que o simples prazer de degustar a tradicional bebida.

O café é uma bebida rica em minerais, contém vitamina B, ácidos clorogênicos, antioxidantes naturais, nutrientes que ajudam a prevenir a depressão e suas consequências como o tabagismo, alcoolismo e consumo de drogas.

A recomendação dos especialistas é de um consumo de 3 a 4 xícaras diárias (cerca de 500 mg de cafeína), o que estimula a atenção, concentração, memória e o aprendizado escolar. O consumo diário e moderado de café pelos adultos também pode ajudar a combater a depressão, a quarta principal causa de morte no mundo atualmente, mas que poderá vir a ser a segunda em 2020, conforme informações da OMS (Organização Mundial da Saúde), depois do infarto do miocárdio.

21 fev

Pretinho nada básico: café vira matéria-prima para cosméticos

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Confira as propriedade e os benefícios do café

Grãos de café moídos e seus derivados são agentes esfoliantes naturais

Uma das maiores paixões dos brasileiros está conquistando outro mercado. Depois de agradar os paladares mais exigentes, o café também vira matéria-prima para cosméticos. São difusores de ambientes, sabonetes e xampus feitos a base do grão e da flor. Além do cheiro, os produtos são ricos em propriedades medicinais.

Confira as propriedade e os benefícios do café:

Antioxidante: o café verde é extremamente rico (3x mais que o chá verde, por exemplo) em substâncias antioxidantes, que protegem a pele da ação maléfica dos radicais livres que causam o envelhecimento.

Redutor: o café apresenta alta concentração de cafeína, substância que estimula a queima de gordura. Pode ser usada para redução de medidas e eliminação da celulite.

Esfoliante: os grãos de café moídos e seus derivados são agentes esfoliantes naturais, que estimulam a renovação celular e a circulação sanguínea, eliminando toxinas e células mortas.

Protetor Solar: outro grande potencial do extrato de café é a fotoproteção, por conter flavonóides que ajudam a impermeabilizar a membrana da pele contra os raios UV.

Demais Propriedades: o café possui ainda efeito anti-inflamatório e antiedema, capaz de acalmar a pele, além de um excelente efeito adstringente, promovendo uma limpeza eficaz e a neutralização de fortes odores.

20 fev

Mito ou verdade, tomar café alivia os sintomas da asma?

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

A cafeína é conhecida mais como uma bebida estimulante do que um remédio caseiro, mas por anos os cientistas se perguntam se a cafeína pode trazer benefícios para pessoas com asma.

A suspeita deriva em parte de sua estrutura química, que se parece com a da teofilina, um remédio comum para a asma que relaxa os músculos das vias aéreas e alivia a respiração ofegante, falta de ar e outros problemas respiratórios. De fato, quando a cafeína é ingerida e decomposta pelo fígado, um derivado são pequenas quantidades de teofilina.

Num estudo de 2007 publicado no "Cochrane Database of Systematic Reviews", os pesquisadores coletaram e analisaram os resultados de meia dúzia de testes clínicos, observando os efeitos da cafeína sobre os asmáticos. Eles descobriram que a cafeína produzia pequenas melhoras na função das vias aéreas por até quatro horas, em comparação a um placebo, e que até mesmo uma pequena dose – menos que a quantidade presente numa xícara de café do Starbucks – poderia melhorar a função pulmonar por até duas horas.

Em outras palavras, uma xícara de café ou chá forte pode oferecer algum alívio momentâneo.

Mas as melhorias são muito leves, como mostram estudos – certamente não suficientes para que a cafeína substitua a medicação. O outro problema é que, devido a suas similaridades químicas, consumir cafeína demais pode aumentar qualquer efeito colateral da teofilina. Como resultado, os médicos recomendam que as pessoas que tomam a medicação prestem atenção ao seu consumo de café, chá, chocolate e outros alimentos com cafeína.

Conclusão: os benefícios da cafeína para a asma são reais, porém mínimos.

Fonte: The New York Times/ Tradução: Gabriela d'Ávila

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.