nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
29 ago

Museu do Café celebra o Ano da Alemanha no Brasil com debates e Cantata do Café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Museu do Café celebra o Ano da Alemanha no Brasil com debates e Cantata do Café

A relação entre Brasil e Alemanha é o tema das mesas redondas. A cantata cômica, composta pelo alemão J. S. Bach, encerra a programação

Em comemoração ao Ano da Alemanha no Brasil, o Museu do Café, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, prepara duas mesas redondas e a apresentação da Cantata do Café (Kaffeekantate, em alemão), do compositor Johann Sebastian Bach. Os debates, que serão realizados nos dias 2 e 3 de setembro, abordam questões mercadológicas, o comércio do café e ressaltam a influência da cultura alemã no Brasil. A apresentação musical, que ocorre no dia 12 de setembro, às 18h, terá entrada gratuita e não necessita de inscrição.

As mesas redondas começam no dia 2 de setembro, às 16h30, com o tema Mercado de Café – Brasil/Alemanha. O debate, apresentado pelo diretor geral do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CECAFÉ), Sr. Guilherme Braga; pelo presidente da Associação Comercial de Santos, Sr. Michael Timm; pelo consultor da P&A Marketing Internacional, Sr. Carlos Brando; e pelo presidente do Escritório Carvalhaes, Sr. Eduardo Carvalhaes, abordará a relação comercial entre os dois países, atualidades, perspectivas futuras e análise do mercado cafeeiro.

No dia seguinte (3), também às 16h30, uma nova mesa redonda será organizada para discutir questões relacionadas à imigração alemã no Brasil. O debate irá abordar assuntos como o trabalho nas lavouras cafeeiras, o sistema de parcerias e também a influência cultural que os alemães exerceram e ainda exercem no Brasil. Será ministrado pela mestre em História Social, Silvia Cristina Lambert Siriani; pela professora de História do Brasil da Universidade de Colônia, na Alemanha, Débora Bendocchi; pelo professor da Unicamp, André Munhoz de Argollo Ferrão; e pela Doutora em História, Mercedes Gassen Kothe. As inscrições para as duas mesas redondas devem ser feitas pelo e-mail: inscricao@museudocafe.org.br.

Encerrando as atividades em comemoração ao Ano da Alemanha no Brasil, o Museu do Café apresenta a Cantata do Café, uma ópera cômica do compositor alemão Johann Sebastian Bach, no dia 12 de setembro, às 18h, no Salão do Pregão. O elenco é composto por três cantores (Berenice Barreira, Soprano; André Heryson, Barítono e Sérgio Wernec, Tenor), um pianista (Marcos Aragoni) e um narrador (Alexandre Camilo). No mesmo dia haverá também a visitação noturna no Museu do Café, com horário de funcionamento para visitações estendido até às 21 horas.

O Museu do Café fica à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Seu horário de funcionamento é de terça a sábado das 9h às 17h, e aos domingos entre 10h e 17h. Os ingressos para visitação custam R$ 5, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 9h às 18h, e aos domingos entre 10h e 18h.  Outras informações estão disponíveis no site www.museudocafe.org.br

Serviço

Mesa Redonda “Mercado de Café – Brasil/Alemanha”

Data: 02/09

Horário: 16h30

Palestrantes: Sr. Guilherme Braga, diretor geral do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CECAFÉ); Sr. Michael Timm, presidente da Associação Comercial de Santos; Sr. Carlos Brando, consultor da P&A Marketing Internacional; e Sr. Eduardo Carvalhaes, presidente do Escritório Carvalhaes.

Local: Museu do Café

Preço: Grátis

Inscrições: inscricao@musedocafe.org.br

Mesa Redonda “Imigração Alemã no Brasil”

Data: 03/09

Horário: 16h30

Palestrantes: Silvia Cristina Lambert Siriani, Mestre em História Social; Débora Bendocchi, professora de História do Brasil da Universidade de Colônia, na Alemanha; André Munhoz de Argollo Ferrão, professor da Unicamp; e Mercedes Gassen Kothe, Doutora em História.

Local: Museu do Café

Preço: Grátis

Inscrições: inscricao@musedocafe.org.br

Cantata do Café

Data: 12/09

Horário: 18h

Local: Museu do Café

Preço: Grátis

Visitação Noturna

Datas: 12/09

Horário: das 18h às 21h

Local: Museu do Café

Preço: R$ 5 (estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada)

28 ago

Café faz parte da vida do brasileiro, diz organizadora do SP Coffee Week

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

“Ser gourmet ou não, não muda nada. Café faz parte da vida do brasileiro”, diz organizadora do SP Coffee Week

Evento traz cafés de alta qualidade acessíveis, com 50 % de desconto até 31 de agosto 2013

Coffee Week
Divulgação

Flavia Pogliani e Marcela Herz, idealizaram o primeiro evento do café

Desculpa para encontrar os amigos, trabalhar, na hora da fome ou até sozinho, o café é sinônimo de tradição na mesa dos brasileiros e vai bem a qualquer hora do dia. Com o intuito de promover esta iguaria tupiniquim Flavia Pogliani e Marcela Herz, idealizaram o primeiro evento paulista dedicado exclusivamente ao café: o SP Coffee Week.

Com a ideia de promover cafés de alta qualidade, até dia 31 de agosto serão servidas torras sofisticadas com até 50 % de desconto em mais de 20 estabelecimentos da cidade. “A ideia surgiu da dificuldade que nós tínhamos de encontrar um lugar que sirva um bom café”, quem conta é Flávia Pogliani, apaixonada por café idealizadora do evento.

— A gente gosta muito de sentar em um café como desculpa para encontrar amigos, trabalhar, descontrair, passar o tempo e outras coisas do tipo. Mas nunca é um café de qualidade. O que a gente busca é promover o café nacional de alta qualidade moídos na hora, a um preço acessível.

Brasil é o maior produtor de café arábica do mundo e o segundo maior mercado em consumo absoluto de café. Mas este consumo acontece em casa, e não nas cafeterias da cidade.

— Ser gourmet ou não, não muda nada. Café faz parte da vida do brasileiro. De mais ou menos cinco anos para cá, algumas cafeterias fizeram um trabalho para entrar no mercado com cafés de alta qualidade, mas não houve uma promoção disso.

Para Flávia, cafés de alta qualidade não necessariamente são gourmet. Mesmo sendo um grande produtor e consumidor, o Brasil ainda não aprendeu a consumir, de fato, o que a especialista chama de um bom café.

— O brasileiro tem viajado mais, entrado em contato com a cultura do café em outros países, e não encontra cafés de alta qualidade acessíveis no país. O consumidor começa a entender aos poucos a qualidade e dá preferência para ela.

Fonte: R7

28 ago

A cigana da borra de café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

A cigana da borra de café

Natália Faria

Em um momento de dúvida, decidi. Decidi me aventurar por aquela rua… Aquela rua misteriosa, onde pouca vida se movia, exceto pelas luzes coloridas de uma casa que era, na verdade, uma tenda.  A cigana que lá morava lia o futuro dos homens pela borra de café. Todos eles caíam em desgraça. Essa era a lenda.

Seria a borra do café capaz de revelar meu futuro?

Seria eu a próxima vítima dessa lenda?

A dúvida que me atormentava era tamanha que escolhi descobrir por mim mesmo. Com passos bambos, entrei pelos véus que vestiam a entrada da tenda. Uma senhora excêntrica me recebeu. Senti-me acolhido, pois o ambiente era agradável, e a coleção de louças, bules e xícaras penduradas nas paredes de certa forma lembravam a casa de minha avó.

Ela me ofereceu um assento, serviu-me uma xícara de café e pediu que eu bebesse até o fim. Leu a borra do café que sobrou no fundo da xícara e então… calafrios… me disse a profecia. Logo em seguida me deu um conselho: que o destino é traiçoeiro; eu não precisava segui-lo, podia muito bem mudar o seu rumo. Curioso com a simpatia e aparente inocência da temida cigana, perguntei: “Por que a lenda? Por que todos os homens que vêm até a senhora acabam derrotados?” Ela me respondeu: “Não sei, meu filho. Digo a mesma coisa que disse a você para todos eles”.

Hoje eu entendo. Fui o único homem que seguiu o conselho. Não me acomodei com a resposta pronta e definitiva do destino. Deixar nossa vida inteiramente nas mãos dele pode ser perigoso. Temos quer ser autores de nossa própria história. Ainda me divirto com a borra que se forma no fundo das xícaras depois que bebo café. Se ela forma um poço, usando as pontas dos dedos, faço dela uma estrela. Se forma um corvo, faço dela um coração. Simples assim. Sorte a minha!

Fonte: Amantes do Café

26 ago

Consumo regular de chá e café pode trazer benefícios à saúde

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 

  • Cafeína presente nos chás combate alguns tipos de doenças

A cafeína contida no café, chás e chocolates pode fazer muito bem à saúde. Segundo um estudo da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), o uso moderado da cafeína não oferece risco à saúde, muito pelo contrário. A substância pode reduzir o risco de diversas doenças como, por exemplo:

Alzheimer e Parkinson – A cafeína melhora as funções cognitivas e reduz os níveis da proteína beta-amiloide associada a essas doenças. O consumo moderado de chá, café ou chocolate diminui o processo neurodegenerativo provocado por essas doenças.

Diabetes tipo 2 – O que se percebeu foi que o consumo de bebidas do cafeína conseguiu reduzir o risco de desenvolver diabetes tipo 2. No entanto, os médicos acreditam que não é somente a cafeína a responsável pela redução da doença. Eles acreditam que outras substâncias presentes no café, como o magnésio, podem ter efeitos sobre o metabolismo da glicose.

Câncer – Uma pesquisa revelou que pessoas que bebiam pelo menos 10 mililitros de café ou chá diariamente tinham 34% menos risco de desenvolver a doença. ( Fonte: A Tarde )

22 ago

Loja de móveis começa a servir café e triplica o faturamento em São Paulo

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Saint Decor Café vende tudo que está no local: poltronas, mesas, abajur e até os talheres; faturamento mensal é de R$ 90 mil

ESTADÃO PME

Divulgação

Divulgação

Saint Decor Café está localizado no bairro do Tatuapé

Da xícara a cadeira, tudo está à venda no Saint Decor Café. Inicialmente criado como uma loja de móveis e objetos de decoração de estilo provençal, o negócio apostou no serviço de café e os sócios encontraram um negócio lucrativo. Dos atuais R$ 90 mil mensais de faturamento, o café é responsável por R$ 60 mil.

A loja foi criada em 2010 para a venda de móveis, objetos de decoração e presentes, e está localizada no bairro do Tatuapé, na zona leste de São Paulo. "A ideia sempre foi colocar um café porque a casa favorecia esse negócio", conta Francisca Machado, decoradora do Saint Decor Café. Mas o modelo atual de negócio só foi colocado em prática após uma viagem a Buenos Aires, onde Francisca conheceu um café onde tudo era comercializável.

A inclusão do novo serviço foi concluída em dezembro do ano passado pelos sócios Fernando Machado e Gabriel Munoz. "O café nos surpreendeu. Todos elogiam o estilo provençal, parece que estamos na França. Além do mobiliário, temos um cardápio adaptado e música francesa", conta Francisca, que é a responsável pelos projetos de decoração dos clientes interessados em comprar os móveis da loja.

O espaço tem capacidade para 55 pessoas e deve dobrar a capacidade até outubro, com reformas na parte superior do imóvel. O café também deve ganhar uma creperia. "O perfil do negócio está se direcionando para um bistrô", pontua Francisca. A ideia é consolidar o negócio nos dois primeiros anos para depois partir para a expansão.

22 ago

ONDE SE PRODUZ O CAFÉ NO BRASIL

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 

ONDE SE PRODUZ O CAFÉ NACIONAL
 
O café brasileiro é produzido na sua quase totalidade em 5 estados da federação:
 
MINAS GERAIS, é o maior e melhor produtor nacional. As características regionais do seu café são:

Sul de Minas:  sabor doce e suave, com aroma acentuado, corpo equilibrado e acidez cítrica. O café chegou em 1810, começando a se destacar por volta de 1960. Atualmente, corresponde a 70% da renda das propriedades rurais do Sul de Minas. Considerado de ótima qualidade.
café arábica
bebida mole, estritamente mole
dura para melhor
altitude média do plantio é aproximadamente 950 metros

Cerrado:  sabor doce, de aroma intenso, encorpado e com acidez equilibrada. A cultura do cerrado foi iniciada na década de 70, e dentre o café arábica cultivado a predominância é da variedade Mundo Novo e Catuaí. Predomina o solo argiloso no cerrado e a topografia da região favorece a mecanização das lavouras.
café arábica
bebida dura
altitude média do plantio é de aproximadamente 800 metros

Matas de Minas:  tem aroma marcante e acidez equilibrada. As principais cidades produtoras são Caratinga, Inhapim, Manhuaçu, Manhumirim, Espera Feliz, Matipó, Santa Rita de Minas e Viçosa.
café arábica
bebida dura
altitude média do plantio é de 650 metros

PARANÁ, é o nosso quarto maior produtor nacional. As características do seu café são: bebida encorpada, com aroma intenso e baixa acidez. O café está presente em aproximadamente 210 municípios e é responsável por 3,2% da renda agrícula do estado. As áreas de cultivo são muito extensas, o que justifica a grande variação de altitudes. No estado é cultivada a espécie arábica. 74%.
 
café arábica e robusta com a variedade conilon
bebida dura a mole
altitude média do plantio é de 650 metros

SÃO PAULO, é o terceiro maior produtor nacional, e com a segunda colocação na qualidade geral na produção do café arábica. As características do seu café são: com aroma pronunciado, de corpo médio (encorpado) e acidez equilibrada. MOGIANA é a região produtora de café mais tradicional do estado, apresenta três subdivisões: Alta, Média e Baixa. A cultura do café foi introduzida há aproximadamente 200 anos. Plantio em solo arenoso, a Mogiana produz um café mais finos.
 
café arábica
bebida mole e dura
altitude média do plantio é de 900 a 1.000 metros

ESPÍRITO SANTO, nosso segundo maior produtor de café, e o primeiro em robusta. As características do seu café são: sabor doce, com acidez e corpo equilibrados. O grande avanço se deu por volta de 1850. O estado tem na cultura do café sua maior renda. Também ocorre o plantio de café arábica. O estado tem uma temperatura média de 23ºC.
 
café robusta com a variedade conilon

BAHIA, nosso quinto maior produtor. As características do seu café são: sabor doce, aroma marcante, tem corpo leve, acidez cítrica. O café arábica plantado é quase toda da variedade Catuaí.
 
café arábica na predominância e robusta em algumas regiões com a variedade conilon
bebida dura, mole e rio
altitude média do plantio é de 850 metros

RONDÔNIA (segunda maior produção de robusta nacional), o café chegou na década de 60. No começo, a variedade arábica era a opção. Atualmente, o café é o principal produto agrícola do estado, mas a espécie Robusta tornou-se o ponto forte. O café arábica também é cultivado, mas em volume não signficativo.
 
robusta é o forte com a variedade conilon
altitude média do plantio é de 300 metros
Há ainda em ordem decrescente na produção vem: MATO GROSSO, PARÁ, RIO DE JANEIRO E OUTROS.
 
(dados CONAB)
 
da Etiópia ao Brasil

BREVE RELATO HISTÓRICO DO CAFÉ
 
O café é planta nativa da atual Etiópia, antiga Abissínia tendo informações documentadas a partir do século XIV. Conquistou a europa e posteriormente os Estados Unidos no século XVII. Foi trazida para o Brasil  pelo Sargento-Mor Francisco de Melo Palheta pelos idos de 1727. Foi plantada inicialmente no Pará e trazida para o Rio de Janeiro onde se prosperou para o Vale do Paraíba.

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.