nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
28 fev

Qual a hora certa para tomar um café ?

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Segundo o IBGE, o café é o alimento mais consumido pelos brasileiros. Tem gente que diz que o dia não começa antes de uns goles, mas se você for uma dessas pessoas, talvez os dados a seguir te façam mudar de ideia.

Steven Miller, um doutorando em ciências da saúde da Universidade de Bethesada, nos EUA, estudou nosso ciclo circadiano, ou seja, o ciclo hormonal de 24 horas pelo qual nosso sono se guia. E, entre as descobertas dele, uma delas indica que a gente não deveria tomar café de manhã.

Miller descobriu que o cortisol, um dos hormônios que controla o ciclo circadiano e nos faz sentir alerta, tem seu pico de produção entre as 8h e 9h da manhã, o que significa que consumir cafeína nesse período é supérfluo: seu corpo já está produzindo substâncias que vão te deixar acordado. E a cafeína, nesse caso, não tem efeito cumulativo: o cortisol diminui os efeitos energéticos do café e ainda faz com que seu corpo fique mais tolerante a ele.

A ideia, portanto, é coordenar o café com os horários em que seu corpo não produz cortisol – isso seria entre 9h30h e 11h30, 13h30 e 17h, 19h e 21h e 0h e 1h, mais ou menos.

A boa notícia é que se você acorda super cedo e manda pra dentro uma xícara de café até as 7h30, você também está seguro e se beneficia 100% dos efeitos da cafeína, sem a interferência do cortisol.

Se quiser ler mais sobre as ideias de Miller e o inglês estiver afiado, dá uma olhaa no infográfico aqui embaixo:

(Foto: reprodução/ilovecoffee.jp) Com informações da Revista Galileu

27 fev

Dez motivos para se tomar café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

1- Produz sensação de bem-estar e de conexão com a vida e ajuda a prevenir a depressão; Um café torrado adequadamente, com um teor saudável de cafeína, ácidos clorogênicos e lactonas, ajuda na prevenção à depressão;

2 – Melhora o desempenho cognitivo, aumentando a concentração e a capacidade de aprendizado; O café é a única bebida que estimula o intelecto;

3 – Pode aumentar a expectativa de vida, ajudando a prevenir doenças coronarianas e degenerativas em geral;

4 – Ajuda a prevenir o declínio cognitivo, demência e doença de Alzheimer; Pesquisadores da Universidade do Sul da Flórida, nos Estados Unidos, descobriram que a cafeína bloqueia a formação das “placas” associadas ao Alzheimer. Outro estudo, realizado entre 1972 e 1987, determinou que os consumidores de café na idade adulta corriam um menor risco de sofrer demência ou o Mal de Alzheimer em comparação aos que não bebiam. Ou seja, aqueles que consumiam de três a cinco xícaras ao dia registraram um risco 65% menor do que aqueles não tomavam a bebida;

5 – Ajuda a prevenir a doença de Parkinson; Pesquisadores observaram, pela primeira vez, em estudos com animais, que a cafeína ajudava a superar a rigidez e os problemas de mobilidade – principais características da enfermidade. Perceberam, ainda, que a substância presente no café também pode retardar a degeneração das células que produzem a dopamina;

6 – Ajuda a prevenir e a combater o diabetes tipo 2, principalmente o café descafeinado;

7 – Ajuda a combater dores, inclusive certos tipos de dor de cabeça;

8 – Tem efeito antibacteriano contra as principais bactérias causadoras da cárie e contra bactérias intestinais nocivas;

9 – Ajuda a proteger o fígado contra cirrose e outras doenças hepáticas degenerativas;

10 – Bom para a pele; O teor dos antioxidantes fenólicos dos grãos verdes denominados clorogênicos é maior no conilon do que no arábica. Os fenóis do café possuem efeito protetor contra o câncer de pele. O café não possui flavonóides que impermeabilizam a membrana da pele contra os raios UV, mas ajudam no tratamento de lesões causadas por exposição excessiva ao sol.

26 fev

A qualidade da água e o sabor das bebidas

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Máquinas de Espresso em Capsula

Um dos setores da economia nacional em constante crescimento é o mercado de bebidas. Em 2012, por exemplo, o Ibope Inteligência apontou que o segmento movimentou aproximadamente R$ 17,7 bilhões com a venda de água, refrigerante, vinho, destilados, cerveja e refresco. Além disso, com a realização dos eventos esportivos nos próximos anos, no Brasil, a tendência é que esses números cresçam ainda mais.

No entanto, tão relevante quanto às informações de mercado é atentarmos para um elemento primordial na produção de qualquer bebida, a água. Uma das matérias-primas mais importantes para o segmento. E, diante disso, é crescente o desenvolvimento de soluções e tecnologias aplicadas para aprimorar a qualidade do líquido utilizado pela indústria de bebidas, pois isso está diretamente relacionado ao sabor do produto que vai direto para as prateleiras.

Vale destacar que quando falamos de água, não nos limitamos a pensar somente na matéria-prima que irá compor o produto final. Existe também o líquido que fará a higienização de embalagens e equipamentos da linha de produção.

Um exemplo prático e que está no cotidiano de quase todos é o café. Segunda bebida mais consumida no país, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC), a qualidade da água utilizada em seu preparo interfere diretamente no sabor e aroma. Por isso, o importante é sempre utilizar água filtrada ou purificada.

Outra bebida que depende dessa matéria-prima para ter sabor e qualidade diferenciados é a cerveja. Consumida por cerca de 35% do brasileiros ao menos uma vez por semana, segundo levantamento feito pela Ipsos Observer Brasil/Mintel, em 2012, ela possui 95% de água em sua formulação. Ou seja, para a produção de um litro de da bebida é estimado que sejam utilizados cerca de 5 a 10 litros de água.

Aliadas às indústrias de bebidas estão as empresas responsáveis pelo tratamento e desinfecção de águas. Esse é um mercado que aposta constantemente em inovação e pesquisas para criar recursos capazes de tratar esse líquido utilizado nos processos de forma eficiente. Para isso, as empresas desenvolvem sistemas altamente seguros, capacitam profissionais técnicos para realizar a instalação e manutenção e auxiliam também na aplicação de soluções. A proposta é ajudar a entregar a água dentro dos mais altos padrões de qualidade.

Diante disso, com concorrência acirrada, a qualidade dos produtos deixou de ser apenas uma vantagem competitiva e transformou-se em um elemento fundamental para que uma marca ganhe espaço no mercado. Isso mostra que os investimentos no tratamento da água devem ser constantes, assim como as pesquisas para garantir cada vez mais soluções eficientes. Somente desta forma teremos bebidas cada vez melhores à disposição dos consumidores.

*Por: Sérgio Aguiar, Responsável Técnico pelo mercado de bebidas dentro da Beraca

Máquinas de Espresso em Capsula

25 fev

Cápsula de café verde ajuda a emagrecer

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Máquinas de Espresso em Capsula

Cápsula de café verde facilita a queima de gordura e ajuda a emagrecer

Foto: Getty Images

Quer uma ajuda extra para eliminar aqueles quilinhos que insistem em permanecer no seu corpo? O café verde tem se mostrado um ótimo aliado. Um estudo da University of Scranton, nos Estados Unidos, publicado pelo Journal of Diabetes, Metabolic Syndrome and Obesity, concluiu que o ácido clorogênico presente no extrato desse grão auxilia na perda de peso, já que estimula neurotransmissores do emagrecimento, além de ter efeito termogênico, que facilita a queima de gordura. “Esse ácido também influencia o metabolismo do açúcar, ajudando a emagrecer”, explica a nutricionista Daniela Jobst, membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e colaboradora da revista Women’s Health.

E, se você é uma amante do cafezinho porque se sente com mais energia para encarar o dia, saiba que duas cápsulas diárias de café verde podem fazer o mesmo por você. “A cafeína, mesmo em pouca quantidade, tem a capacidade de reduzir a fadiga e o cansaço”, completa Daniela.

Afinal, o que é o café verde?

São os grãos que não passaram por todo o processo para virar a bebida que mantém você cheia de disposição. Assar e moer o café faz com que ele perca propriedades, coisa que não acontece na forma em que saiu do pé. Mas não se engane: mesmo quando ele é verde no nome, o grão ainda é marrom.

Benefícios mil

As vantagens dos grãos que não passaram pelo processo de torrefação não param por aí. Mulheres, constantemente um alvo da retenção de líquido, podem se beneficiar ainda mais com o produto. “Ele facilita a digestão e é diurético, promovendo a eliminação do excesso de líquidos do organismo”. E ainda pode ser melhor. Os polifenóis livres, que ajudam na luta contra os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento, são encontrados duas ou três vezes mais na versão verde do que na torrada. “O café verde contém consideráveis propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias”, diz Daniela.

Especialistas recomendam tomar as cápsulas – ou balas de colágeno – duas vezes ao dia, um pouco antes das refeições, mas evitar ingeri-las depois das 18 horas. Isso porque, em razão da cafeína presente no extrato, pessoas mais sensíveis ao componente podem perder o sono ou ter uma noite agitada.

O lado B

Nem todas as mulheres podem fazer uso do café verde. Antes de começar a tomar as cápsulas, é importante passar por um nutricionista ou endocrinologista. Esse produto é contraindicado para as hipertensas e para as que têm tendência ao nervosismo. Pessoas que sofrem com hipertireoidismo, gastrite crônica ou úlceras gastroduodenais, além daquelas com problemas hepáticos e reumáticos, também não devem utilizá-lo. Mulheres grávidas ou que estejam amamentando fazem parte do time que não pode tomar suplementos à base do grão.

E, claro, o café verde não é uma poção mágica. Não adianta ingeri-lo e cabular a aula de spinning ou enfiar o pé na jaca no jantar. Aliar as pílulas a um plano alimentar correto e exercícios ainda é a melhor forma de perder peso com saúde.

Fonte: Boa Informação

Máquinas de Espresso em Capsula

19 fev

Consumo de café em cápsulas cresce e impulsiona compra de máquinas de espresso

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Máquinas de Espresso em Capsula

Uso do café em cápsulas cresce 46,5% e impulsiona indústria de máquinas de espresso

Equipamentos para o preparo da bebida custam entre R$ 399 a R$ 5.690

O brasileiro começa a adquirir um hábito comum em países europeus: o consumo de café em cápsulas aumentou 46,5% entre 2012 e 2013, segundo uma pesquisa da consultoria Nielsen. O total de lares que saboreiam os grãos nesse nicho ainda é pequeno (0,6% dos domicílios no país), mas o percentual de crescimento entre os dois últimos anos sugere, conforme especialistas, que o produto caiu no gosto das pessoas. “É um mercado que vai pegar no Brasil. Em lugares como a França e a Suíça, as cápsulas representam mais de 30% do consumo (da bebida)”, comparou Nathan Herszkowicz, diretor executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Café (Abic).

Uma das justificativas para o aumento do mercado de cápsulas é o maior poder aquisitivo do brasileiro. Outro é a qualidade do café especial produzido no país e no exterior. O aumento do consumo ocorre num momento relevante para o mercado: o fim da patente da Nespresso, controlada pela suíça Nestlé e pioneira nesse segmento. Por quase duas décadas e meia, a Nespresso produziu máquinas em que apenas as suas próprias cápsulas podiam ser usadas. Concorrentes que criaram cápsulas compatíveis com os equipamentos da rival tentaram, sem êxito, quebrar a exclusividade com ações na Justiça. Mas o fim da patente abriu a porteira para a concorrência no planeta todo. Esse é o tema da última reportagem da série Muito além do cafezinho, que o Estado de Minas publica desde domingo.

A americana Sara Lee começou a explorar o mercado francês com cápsulas compatíveis com máquinas da Nespresso. O mesmo, também no país europeu, ocorre com a rede Casino, uma das donas do Grupo Pão de Açúcar. Esses produtos ainda vão chegar ao Brasil. Por aqui, a Três Corações começou a vender as próprias máquinas (três modelos) e cápsulas (17 tipos). Os equipamentos chegam com o preço mínimo de R$ 449. Já as cápsulas, importadas da Itália, saem a R$ 1,10 cada.

Marcella Issa, gerente da marca TRES, do Grupo 3corações, lembra o crescimento do mercado de cápsulas . “De 2008 a 2012 esse mercado cresceu mais de oito vezes, chegando a R$ 206 milhões movimentados”, diz. Ainda de acordo com ela, o Brasil está caminhando para a maturação desse segmento, que deve deixar de ser nicho. “Hoje as cápsulas representam 2,5% do segmento de cafés em valor, mas entendemos que pode chegar até 20% como em muitos países desenvolvidos”, ressalta.

Sobre a participação de mercado que a empresa pretende atingir, ela garante que a expectativa é que a solução TRES represente 10% do faturamento do Grupo 3corações em cinco anos. “Além disso, daremos continuidade ao posicionamento da marca de tornar-se uma das referências no mercado com produtos com design diferenciado”, afirma. 

GLAMOUR EM CASA

As vendas crescentes das máquinas domésticas mostram o quanto o café com ares premium caiu nas graças dos consumidores. Na Spicy, especializada em utensílios domésticos e com unidade no BH Shopping, a venda das máquinas respondem por 20% da comercialização total da loja. Entre os modelos oferecidos aos clientes, há os equipamentos da suíça Iura, que contam com moedores de grão, em vez de cápsulas. “Essas são as preferidas por quem entende de café, porque dá condição de a pessoa escolher o grão e outras características da bebida”, explica a gerente da loja, Débora Rizzi. 

As máquinas da linha da Nestlé, preferidas pelos apreciadores de café iniciantes, variam de R$ 495 a R$ 1.599, conforme o design e funcionalidades. Já as da marca Iura, que tem como proposta oferecer um café com toque gourmet, variam de de R$ 2.690 a R$ 5.690, de acordo com o modelo, que pode ter, inclusive, microchips, onde toda as informações de produção e mecânica ficam armazenadas, e tela touch. As vendas de acessórios acompanham o ritmo do negócio. “Vendemos muitas xícaras, moedores para máquinas manuais que trabalham com pó e até mesmo próprio pó ou grão”, diz Marcela.

A loja conta ainda com marca própria e vende a embalagem de 500 gramas de café, grão e pó, produzido no Norte de Minas, por R$ 19 e R$ 18, respectivamente. “Fazemos a junção ao vendermos uma boa máquina, mas também um bom café, para que o consumidor saia totalmente satisfeito”, conta. A comercialização de cápsulas, segundo ela, fica restrita às boutiques da Nespresso, mas não atrapalham as vendas dos equipamentos. “Aqui, as pessoas acabam tendo acesso a todo o universo de máquinas, e isso mantém o nosso movimento ativo”, reforça.

SABOR

A vendedora Izabel Oliveira, apreciadora de cafés, conta que ainda não tem a sua própria máquina, mas que, quando adquiri-la, deve optar pelas mais sofisticadas, que processam os grãos. “Essa (máquina) de grãos oferece um café de melhor sabor e qualidade. É possível sentir mais o gosto do café do que no expresso. Embora seja mais cara, ela possibilita que a gente selecione o grão de café que quer experimentar”, lembra. Para ela, a febre dos consumidores pelas máquinas pode ser explicada pela forma mais atraente como o café vem sendo apresentado. “Ficou mais interessante tomar café e muito diferente do cafezinho de todo dia, aquele de casa.”

Na prática, as cápsulas são uma espécie de café individual. Há outros modelos, como o sachê feito pela empresa Café Fazenda Caeté, em Campo Belo, onde caixas com 16 saquinhos com cinco gramas do grão já beneficiado são vendidas para grandes redes de supermercados do país. Outra parte já ganhou o mercado externo, como Estados Unidos e Emirados Árabes. “Temos grãos especiais”, comemora Antônio Costa, um dos donos da empresa, que conta com fazendas e torrefadora. 

Luxo até no lixo

O mercado de café não termina nem depois do consumo. Artesãos como Cristina Pujjati, moradora de Barbacena, dão novo uso às cápsulas vazias. Inventando acessórios femininos, ela estende a cadeia do café à reciclagem e, de quebra, ajuda o meio ambiente, pois recicla o que poderia virar lixo. “São colares, pulseiras, broches, guirlandas e enfeites em geral que conquistam cada vez mais público. Já tenho tradição em reciclar materiais e me apaixonei pelo colorido das capsulas”, disse Cristina, que ontem mesmo negociou três colares.

Ela teve a ideia de reciclar cápsulas numa viagem que fez à Argentina: “Vi uma pulseira feita com o material e gostei”. De lá para cá, juntou, com a ajuda de amigos e parentes, várias embalagens pesquisou o material, comprou um equipamento de prensa e investiu na linha de acessórios em 2012. “É preciso cortar a parte de alumínio, lavar direito (a embalagem), tirar o pó, deixar secar, prensar… Mas o resultado vale a pena.” ( Com informaçõe do Jornal Estado de Minas)

Máquinas de Espresso em Capsula

18 fev

Museu do Café realiza Oficina de Relógios gratuita

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

A oficina, que oferece 20 vagas, terá três horas de duração e abordará a história, a teoria e a prática da montagem de relógios

No próximo dia 26, o Museu do Café, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, realiza uma Oficina de Relógios com um dos principais nomes do ramo do estado de São Paulo, o artesão e relojoeiro Antonio Rodrigues de Lima, conhecido como Sr. Toninho. A oficina, que terá três horas de duração, abordará a história, a teoria e a prática da montagem de relógios. As inscrições podem ser feitas gratuitamente pelo e-mail inscricao@museudocafe.org.br e são limitadas a 20 vagas.

A oficina terá três etapas. Primeiro, tratará sobre a história dos primeiros relógios que se tem conhecimento, como o relógio popular, de vela, água, entre outros materiais. Após essa introdução serão apresentadas teorias e prática da montagem de relógios de ponteiro e, por fim, com base em tudo o que os participantes estudaram a respeito do manuseio dos equipamentos, eles montarão suas próprias peças. “Os alunos vão fazer na prática tudo o que eles aprenderem no curso”, explica Sr. Toninho.

Com mais de meio século de experiência no manuseio e conserto de relógios, Toninho é o responsável pelos ajustes de diversos relógios em todo o estado de São Paulo, como o do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, da Estação Júlio Prestes, em São Paulo, e do edifício da antiga Bolsa Oficial de Café, onde fica situado o Museu do Café. A reativação do relógio da torre do Museu, por exemplo, se deu graças ao seu trabalho.

Além de relojoeiro, Sr. Toninho também tem longa experiência como professor. Chegou a ministrar aulas no SENAI Santos e há mais de três anos é professor de restauração de relógios e maquetes da Prefeitura de Santos, ensinando jovens de comunidades carentes da cidade.

O Museu do Café fica à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Entre os meses de novembro a março, seu horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos, das 10h às 17h. Os ingressos para visitação custam R$ 5, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 9h às 18h, e aos domingos entre 10h e 18h. Outras informações estão disponíveis no site www.museudocafe.org.br.

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.