nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
30 abr

Um moedor bom é o segredo!

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Nós escrevemos um pouco sobre torra e como determinar o aroma e sabor do café especial e gourmet em relação ao café tradicional. Vamos definir como você deve moer seu café para obter uma bebida de excelente qualidade.
É muitas vezes um moedor bom é a peça mais importante do equipamento para fazer café expresso, e eu tendo a concordar com este pensamento.

Tenho visto muitas pessoas com máquinas de café espresso caro, mas outras tentam poupar e conviver com um moedor de baixa qualidade. Você não pode fazer bom café expresso a menos que você tenha um moedor de boa qualidade que produz uma moagem consistentemente. A moagem desigual pode causar todos os tipos de problemas, incluindo uma extração muito rápida e canalização da borá de café. No meu modo de pensar é melhor ter um moedor de uma grande empresa/marca e, em seguida, poupar se necessário na máquina de café espresso.

Se você não tem um bom moedor, você não pode fazer bom café expresso. Você não pode fazer grande café expresso com um moedor de lâmina: inevitavelmente, um moedor de lâmina produz algum pó que acaba na xícara e algumas partículas tão grandes que eles subextraidas e também causam canalização.

Além de uma moagem consistente, um moedor bom deve evitar perda ou desperdício do pó, manter a consistência do grão durante a moagem e ajudar a distribuir uniformemente café na cesta.

27 abr

Museu do Café inaugura exposição sobre máquinas de café espresso

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Expresso_old

Design Espresso traz para o Brasil cinco máquinas de café espresso do Museo della Macchina per Caffè – MUMAC, de Milão

O Museu do Café, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, inaugura, no dia 06 de maio, às 19h, a nova exposição temporária Design Espresso. A curadoria aborda as transformações tecnológicas e estéticas pelas quais as máquinas de espresso passaram desde sua origem, no início do século 20, até a década de 1970. A exposição é fruto de uma parceria com o Museo della Macchina per Caffè – MUMAC, sediado em Milão, na Itália e ficará em cartaz até o dia 14 de julho.

No final do século 19, o café já era amplamente consumido no mundo. Entretanto, a técnica e tecnologia do preparo da bebida pouco havia se alterado, resumindo-se ao despejo de água quente sobre o café torrado e moído, com ou sem coador, resultando na infusão. Buscando novas técnicas que diminuíssem o tempo de preparo do café, inventores projetaram e experimentaram máquinas que usassem o vapor para a extração da bebida. Neste contexto, nasceu, na Itália, a primeira máquina de café “espresso”, palavra que se tornaria parte da cultura e do estilo de vida italiano que seria exportado para outros países.

A exposição Design Espresso traz ao público cinco máquinas do acervo do MUMAC, representando períodos do século 20, época em que esses aparelhos foram desenvolvidos e aprimorados. Além disso, a instituição italiana também cedeu livros sobre design e catálogos de máquinas que ficarão expostos no Centro de Preservação, Pesquisa e Referência (CPPR) do Museu do Café. O local abriga uma série de livros e documentos sobre a bebida e temas correlatos para consulta dos visitantes.

Segundo a coordenadora técnica do Museu do Café, Marcela Rezek, o objetivo da parceria é apresentar ao público os acervos de outros museus que tenham ligação com o café, mas também “mostrar a relação de forma e função dentro do design desses aparelhos, uma linha iniciada em 1905, por meio do aprimoramento dos projetos das máquinas de café espresso, com foco também na tecnologia desenvolvida para o preparo da bebida”.

Museo della Macchina per Caffè – O MUMAC foi inaugurado pela Cimbali em Milão, na Itália, em outubro de 2012, durante as comemorações do centenário da atividade da empresa. Está localizado em um edifício originalmente destinado ao funcionamento de depósito que, após dois anos de obras, foi transformado em museu.

A coleção da instituição é composta de 250 peças: 200 pertencem a Enrico Maltoni (atualmente o maior colecionador de máquinas de café do mundo) e 50 são de propriedade do “Gruppo Cimbali”. Além das máquinas, o museu tem um acervo de 15.000 documentos catalogados, digitalizados e disponibilizados para o seu público.

O Museu do Café fica à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Seu horário de funcionamento é de terça a sábado das 9h às 17h, e aos domingos entre 10h e 17h. Os ingressos para visitação custam R$ 6, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Aos sábados, a visitação é gratuita. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 9h às 18h, e aos domingos entre 10h e 18h. Outras informações estão disponíveis no site www.museudocafe.org.br.

Serviço

Inauguração da exposição “Design Espresso”

Local: Museu do Café

Endereço: Rua XV de Novembro, 95 – Centro Histórico – Santos – SP

Data: 06 de maio, às 19h

Expediente: de 07 de maio a 14 de julho

Telefone: (13) 3213-1750

23 abr

Produção sustentável de café moderniza negócio centenário

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Herdeiro de família com longa tradição no setor, empresário mineiro inovou ao adotar técnicas ecológicas e modernas ferramentas de gestão

O empresário mineiro Marcelo Montanari nasceu em uma família com uma tradição centenária no cultivo de café. Com toda essa experiência acumulada, Marcelo poderia simplesmente ter seguido os passos do pai e do avô, mas ele decidiu inovar. Em 2008, juntou suas economias e adquiriu terras no município de Patrocínio, na região do Cerrado Mineiro, onde fundou a Fazenda São Paulo e começou a produzir utilizando práticas sustentáveis e modernas ferramentas de gestão. A empreitada deu tão certo que fez de Marcelo um dos ganhadores da edição 2015 do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas, oferecido pelo Sebrae.

“Sou da quarta geração de produtores na minha família, e muita coisa mudou desde a época do meu bisavô. Antes você trabalhava apenas para produzir. Hoje o foco está no cliente e no que ele quer, e resolvi apostar em qualidade e sustentabilidade”, explica Marcelo.

 Foto: Divulgação

Marcelo Montanari modernizou sua fazenda para entrar no nicho de cafés premium

Foto: Divulgação

Baseado nessas convicções, ele passou a visitar e receber clientes, e percebeu a necessidade de adotar modelos modernos de gestão, investir em maquinário e em capacitações periódicas de seus funcionários. “Nossa produção sempre foi voltada para a exportação, mas a ideia era sair do café commodity e passar para os cafés premium. Depois de adotarmos estas medidas, conseguimos seis certificações, que são importantes para a entrada em certos mercados como o Japão, que é bastante rigoroso”, afirma o produtor.

 Foto: Divulgação

O empresário opta por secar os grãos ao sol em vez de usar um forno a lenha

Foto: Divulgação

Negócio verde
Uma das principais apostas de Marcelo para se diferenciar da concorrência foi a adoção de práticas sustentáveis, como o manejo integrados de pragas e doenças. “Fazemos um levantamento das pragas que estão atacando as plantações para realizar um controle mais natural, apenas com armadilhas. Só em último caso usamos defensivos, e quando o fazemos usamos tipos menos agressivos para o ambiente”, diz.

 Foto: Divulgação

Com isso, o café produzido no local ganhou novos mercados, como o Japão

Foto: Divulgação

Outra medida adotada na fazenda é a reciclagem da água empregada no processamento do café. Depois de ser utilizado na lavagem dos grãos e em outros procedimentos, o recurso natural é encaminhado para tanques de decantação, e na sequência é usado como biofertilizante. Além disso, Marcelo usa a própria luz do sol para secar os grãos. “Mesmo quando o café vai para o secador, contamos com modelos modernos, que consomem três vezes menos lenha. E toda essa madeira vem de eucaliptos plantados na nossa propriedade”, afirma.

Para completar, a Fazenda São Paulo ainda realiza o monitoramento e manejo das espécies animais e vegetais ameaçadas de extinção que ficam no seu entorno. “Orientamos nossos funcionários a fazer um relatório de tudo o que viram de diferente ao longo do dia. Também plantamos árvores que alimentam certos animais, como tamanduá e seriema, além de construir abrigos e poleiros para eles”, encerra o empresário. Com informações Portal Terra.

23 abr

Agora na Café Fácil um super kit Cafeteira Expresso Dolce Gusto Oblo + 1 Taça de Café Mini Bill

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 oblo-branca-mini-bill_2.jpg.pagespeed.ce.CCXP2D748u

Agora na Café Fácil um super kit  Cafeteira Expresso Dolce Gusto Oblo  + 1 Taça de Café Mini Bill 120ml 
Por: R$320,90  ou 4x de R$83,98 sem juros

|Veja em nossa loja virtual http://bit.ly/1d4oenI

Pequena e poderosa, nossa Oblo vai encher sua casa de estilo. Como todas as nossas máquinas, Oblo possui uma pressão profissional de 15 bar para você preparar o verdadeiro café de cafeteria em sua casa em questão de segundos! É verdade – as melhores coisas vem em embalagens pequenas.

20 abr

Empreendedor cria bicicleta para vender café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

bicicleta cateteria 2

Investir pouco em algo inovador. Esse foi o objetivo que o empreendedor Guilherme de Oliveira, 25, se deu antes de criar o Oliver Brown Coffee Shop um food bike especializado em café. O negócio, que já funciona, tem previsão de faturar R$ 80 mil neste ano.

A ideia surgiu no começo de 2015, quando Oliveira se cansou de trabalhar no mercado financeiro. Ele queria empreender em um negócio novo no Brasil, mas que não precisasse de muito capital inicial.

Minha ideia surgiu em uma viagem para Ilhabela. Eu vi uma bicicleta que vendia paletas mexicanas. O negócio de sorvetes era caro pra mim, mas resolvi adaptar o conceito da bike para outro tipo de público, afirma o empreendedor.

Junto com os sócios Thiago Duarte e Carla Duarte, ele investiu R$ 7 mil no desenvolvimento da bike, que hoje vende não apenas café, mas também alguns tipos de comida, como o macarons.

O Oliver Brown foi inspirado no conceito de take away, usado em cafeterias estrangeiras como o Starbucks. Segundo Oliveira, o público-alvo desse tipo de negócio é composto predominantemente por pessoas que estão no horário de trabalho e compram a comida para consumir durante o expediente. Além disso, a bike conta com funcionários poliglotas para atender a demanda de estrangeiros que trabalham no Brasil.

A opção por investir em um food bike não se deve apenas aos custos, mas também a uma questão de mobilidade para o negócio. Além de mais barata que um food truck, a bicicleta pode ser estacionada facilmente em qualquer tipo de lugar sem atrapalhar o trânsito de carros ou de pedestres – ampliando desta forma a quantidade de lugares possíveis para fazer negócio.

Hoje, o Oliver Brown está instalado em um ponto fixo da Vila Olimpia, na zona sul de São Paulo, e atende uma média de 50 clientes. O criador da food bike negocia com universidades para levar a food bike para atender estudantes. Segundo Oliveira, a meta é transformar o negócio em uma franquia ainda neste ano. Com informações do Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios.

16 abr

Copo de café pode ser plantado após o uso e se transformar em árvore

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Sustentabilidade

Material biodegradável que compõe o objeto contém sementes

Uma startup da cidade de San Luis Obispo, na Califórnia, desenvolveu uma caneca de café feita de material biodegradável. Até aí, nada que outras empresas já tentaram fazer para reduzir o impacto de material não-recicláveis no meio ambiente.

O diferencial deste projeto, no caso, é o fato de o material contar com sementes de espécies nativas dos EUA. Isso significa que após descartado na natureza ele pode dar origem a uma árvore – se o solo, ar e as chuvas conspirarem a favor.

Segundo a empresa, chamada Reduce.Reuse.Grow, 146 bilhões de copos de café são descartados nos

copo_reproducao_300

Estados Unidos anualmente. E a maioria deste copos é feita com materiais nocivos à natureza, como o polietileno.
O copo biodegradável é feito de papel reciclado proveniente de centros de reciclagem locais da Califórnia. No Kickstarter, a empresa conseguiu captar recursos da ordem de US$ 19,2 mil em campanha de financiamento coletivo para expandir o projeto.

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.