nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
28 out

CANECA CONTROLA TEMPERATURA DO CAFÉ

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 

27266-562e53bds

Um software, controlado por meio de um smartphone, permite aos usuários alterar a temperatura de um novo dispositivo, cuja ideia é fazer, de maneira prática, com que o café ou chá permaneça quente.
Desenvolvido pela companhia californiana Ember Technologies, o gadget inovador nada mais é do que uma caneca inteligente. Ao manter-se conectado ao carregador que acompanha o produto, o aparelho é capaz de deixar a bebida quente por até um dia todo.

Para regular a temperatura através do aplicativo, criado especialmente para esta finalidade, é necessário apenas a tecnologia Bluetooth. Além disso, cabe ressaltar que a pessoa também pode dar um nome ao acessório smart, e há como pré-programar, via plataforma, a temperatura, de acordo com as preferências de cada um. Desta forma, não é necessário configurar todas as vezes que for utilizar.
Outra função presente no dispositivo é a possibilidade de encaminhar notificações e alertas em geral ao usuário sobre o chá ou café que estiverem na caneca.
No entanto, o preço pode não ser tão interessante quanto a ideia: já à venda, o recipiente custa, em média, US$ 129. Fonte: CCM (Michele Rios)

26 out

Crise eleva consumo de café na classe média

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Café, um companheiro inseparável em comemorações ou momentos difíceis

Quem toma café, sabe: ele vai bem nas horas boas e más. Em tempos de aperto de cinto, não é diferente: da conversa de família para ajustar as contas àquela tensa reunião de negócios, ele não sai do menu. Os efeitos relaxantes e excitantes fazem do cafezinho companheiro inseparável, sobretudo nas horas difíceis. O hábito torna o consumo do café crescente, mesmo em épocas de crise.

É o que assegura a Associação dos Produtores de Café da Bahia (Assocafé). "Com crise cíclicas, intercaladas por  momentos de euforia, a demanda por café, seja no Brasil ou em outros países, é sempre maior que a oferta", diz o presidente da entidade,  João Lopes Araújo. Ele lembra que o consumo do produto vem crescendo em todo o mundo, principalmente, nos países asiáticos, onde o chá já começa, aos poucos,  a ser substituído pelo café.

Custos altos

Engana-se, entretanto, quem pensa que, com a crise, a cafeicultura  brasileira deve estar lucrando como nunca. Segundo Araújo, se por um lado o consumo aumenta, por outro, o setor não  escapa dos efeitos  nocivos da crise:  "a alta dos juros afetando o crédito rural, a valorização do dólar, principal indexador dos insumos e as  elevadas cargas tributária e social inviabilizam melhores resultados para os cafeicultores do país, que ainda sofrem com questões climáticas, como geadas e estiagens", explica Araújo.

Se fosse apenas pela demanda garantida do produto, o café, sem dúvida, estaria entre os negócios mais rentáveis. Conforme relatório, divulgado na última quinta-feira, pelo Rabobank, banco holandês de forte atuação no agronegócio internacional,  o déficit do produto  no mundo é de  2 milhões de sacas.

Ainda é pouco

Ou seja: ainda faltam 2 milhões de sacas de café para atender à procura pelo produto mundialmente. "Uma demanda que faz com que o negócio tenha sempre um lastro garantido, sobretudo para quem investe em qualidade", afirma Araújo, que também faz parte do Conselho Nacional do Café (CNC). Pelas estimativas da CNC, o déficit mundial é ainda maior:  5 milhões de sacas.

"Tomo, pelo menos, doze xícaras de café por dia", conta o empresário baiano Abner Castelo Branco, que atua no ramo imobiliário. "Não há bebida mais apropriada para fechar um negócio", completa. Em caso de reuniões mais informais, ele já marca com os interessados em cafés (estabelecimentos) que já criaram ambientes apropriados para encontros de trabalho a serem selados ao gosto do cafezinho.

No seu escritório, ele também notou o aumento do consumo do café entre os funcionários. "O café é energizante, portanto, excelente para os desafios que temos que enfrentar atualmente", afirma.

Na Avenida Tancredo Neves, em Salvador, considerada o centro financeiro da capital baiana, os cafés lotam de executivos e profissionais em geral que não dispensam o café para discutir as perspectivas em relação a crise. "É o caso dos amigos Admar Fontes e Humberto Teixeira, funcionários públicos.

"Não abro mão de café seja em época de crise ou não", afirma Admar Fontes. Ele é um dos frequentadores dos cafés instalados nos edifícios empresariais do local. Mesmo com a crise, ele e o amigo não dispensam um bom café gourmet.

"Não tem um dia sequer que fique sem um bom cafezinho", completa Humberto Teixeira.

Qualidade

Responsável por 8% da produção nacional (ver matéria nesta página), o café produzido na Bahia destaca-se mais pela qualidade do que pela quantidade. "Nosso foco é o crescimento anual de 15% que tem sido verificado no consumo dos cafés especiais", afirma João Araújo, da Assocafé.

Segundo ele, o estado tem se destacado nos concursos nacionais de café, tendo ocupado, no ano passado, da primeira à quarta classificação entre os melhores do país.

"É um fator  importante para ampliar nossas exportações de café de maior valor agregado", diz Araújo. Ele lamenta, entretanto, que a produção brasileira ainda seja pouco industrializada, com pouca exportações das cápsulas usadas nas maquininhas de café expresso.

Mas faz o comercial: "Temos, sim, um dos melhores cafés do Brasil, inclusive para combater as tensões da crise", diz, bem-humorado.

Classe alta consome cada vez mais o produto tipo gourmet

O consumo do café no Brasil tem aumentado principalmente na classe média. Segundo o presidente da Associação dos Produtores de Café da Bahia (Assocafé), João Lopes Araújo, o produto tem crescido nessa faixa da população, inclusive com aumento da frequência em estabelecimentos especializados na comercialização do produto.

A classe alta, por sua vez, está cada vez mais consolidando o mercado interno dos cafés especiais, tipo gourmet. Já nas classes mais baixas, em que o café é item essencial na alimentação, o consumo tem migrado para produtos mais baratos, chamados pelos produtores de PVA (preto, verde e ardido), por conta da qualidade inferior. “Mas, sem alterar os níveis de consumo”, frisa Araújo.

Para o mundo

O Brasil é o maior produtor mundial de café e o segundo maior consumidor, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. A produção nacional, que era de 55 milhões de sacas, está atualmente em 43 milhões, por conta de questões climáticas que afetaram as plantações de Minas Gerais, maior produtor nacional.

“Como a lavoura do café demora a se recuperar, temos atendido atualmente já bem abaixo da demanda”, informa Araújo, ressaltando que o  país vende o produto in natura para países que exportam o café industrializado, a exemplo da Alemanha. Das 30 milhões de sacas exportadas, apenas 3 milhões são industrializadas. Fonte: A tarde

23 out

Os benefícios do café para o estudante que vai fazer o Enem

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

OS BENEFÍCIOS DO CAFÉ PARA ESTUDANTES

Está aberta a temporada do Enem! Isso significa que chegou a hora de revisar todo o conteúdo estudado durante o ano e garantir a atenção para as provas finais. Aqui no blog nós já contamos como o chá ajuda a relaxar na noite anterior ao grande dia. Agora, vamos lembrar os benefícios do café para quem precisa de concentração máxima em fórmulas, textos e equações.

cafe-estudantes

A cafeína presente no café é considerada uma substância estimulante. Ela ajuda a espantar o sono, aumentar a disposição e melhorar a memória e a concentração. Segundo o neurologista Eduardo Carabetta, do Hospital Leforte, a bebida em doses adequadas pode ser, sim, um auxílio e tanto aos estudantes.

Em média, a cafeína começa a surtir efeito no organismo após 20 minutos da ingestão. O neurologista conta que ela inibe a ação de neurotransmissores que têm ação depressora sobre o sistema nervoso. Ou seja, ajuda a diminuir a fadiga, que poderia atrapalhar a concentração e a memória.

Mas qual é a quantidade ideal da bebida para garantir mais qualidade aos estudos? “Pesquisas recentes recomendam o consumo regular de cerca de 200 ml de café por dia”, diz Carabetta. Portanto, antes de abrir os livros, lembre-se de preparar uma boa xícara quentinha. Assim, você terá o máximo de atenção possível para alcançar boas notas no vestibular! Com informações do blog Mexido de Ideias

20 out

Uma xícara de café ajuda a retomar a produtividade após o almoço

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

A CAFEÍNA PRESENTE NO CAFÉ AGE NO CÉREBRO E FAZ COM QUE A PESSOA FIQUE MAIS ALERTA E MAIS CONCENTRADA

cafe_tes

Recuperar a concentração e a disposição para o trabalho logo após o almoço pode ser uma tarefa mais fácil e mais econômica: basta uma parada para o "cafézinho". De acordo com especialistas, uma xícara é suficiente para fazer com que um profissional possa render mais e manter a produtividade.

“É comum ter uma queda na proatividade, uma baixa cerebral depois das refeições, principalmente após o almoço. Então, se você quer ficar desperto, uma dose de café neste horário também vai ajudar", afirma Norberto Frota, coordenador do Departamento Científico de Neurologia Cognitiva e do Envelhecimento da Academia Brasileira de Neurologia. Segundo ele, o consumo de café, que contém cafeína, auxilia na recuperação da concentração em momentos de baixa natural do organismo.

A cafeína é o único agente estimulante no café capaz de manter a pessoa acordada. Em cada unidade de café, a concentração de cafeína vai de 1% a 2,5%, após a torrefação — processo de degradação do grão original e produção de novos compostos. “É a substância que tem um princípio ativo que atua no cérebro, justamente nessa parte de atenção, concentração e mantém a pessoa alerta”, diz Mônica Pinto, nutricionista e coordenadora de projetos da Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC). "Quando atua no sistema nervoso, que é o nosso sistema de vigília, faz com que você fique mais desperto e mais concentrado, já que propicia que você esteja mais alerta aos seus reflexos."

Outras bebidas, como energéticos, chocolates e refrigerantes também dispõem da substância, mas são aritificiais — e, em geral, custam mais caro.

Por agir em ciclos curtos de aproximadamente 30 minutos, a partir da ingestão até ser aborvida e excretada pelo corpo, a cafeína pode ser ingerida a cada duas horas, em média. A quantidade recomendada para o consumo de café é de três a quatro xícaras por dia. "Tem pessoas que são mais tolerantes à cafeína e podem ingerir uma quantidade maior de café. Normalmente, o que se recomenda é de três a quatro xícaras para um consumo diário e durante o dia", diz Mônica Pinto.

A cafeína não atua, porém, da mesma forma em todos os organismos. Frota diz que os efeitos irão variar conforme a maneira que a substância atua no cérebro de cada indíviduo. “Tomar café à noite, para algumas pessoas, pode atrasar o início do sono", diz. Por outro lado, o consumo da substância tem a vantagem de não ficar condicionado à faixa etária. “O café tem efeito em todas as idades, tanto em adolescentes quanto idosos."

O excesso, como de outras substâncias, pode prejudicar a saúde. Ansiedade, tremores e irritabilidade estão entre efeitos colaterais apontados pelo neurologista. Ele cita, entretanto, estudos que apontam que o consumo consciente pode prevenir doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson, de acordo com estudo da Universidade Sapienza, de Roma.

No Brasil

Segundo a Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC), o consumo per capita do café no Brasil, em 2014, ficou em 81 litros por ano. Essa quantidade, se analisada em xícaras de 50ml, equivale a uma unidade a cada dois dias em média, considerando toda a população e não apenas os consumidores da bebida.

A tecnologia favoreceu os amantes do café com máquinas automáticas e a introdução de cápsulas individuais no mercado. Em 2014, o volume de cápsulas vendidas cresceu 52,4%, frente ao ano anterior. Além de novas opções de textura e tonalidade de sabor, as máquinas acabam com as discussões no escritório de quem vai "fazer o café" no dia — o que, por seu lado, também melhora a produtividade. Com informações da Época

20 out

9 BENEFÍCIOS DO CAFÉ

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Eu amo café. Não bebo mais todo dia como fazia antes (era até excessivo e não era legal), mas sempre que posso dou uma passada numa padaria ou café pra tomar o meu amado espresso (meu favorito) ou um capuccino. Além do sabor, eu adoro a sensação “pós-café”, aquele boost de energia e produtividade. Então, enquanto eu tomo o meu cafézinho aqui, vou contar pra vocês alguns benefícios do café que eu andei pesquisando pra compartilhar com vocês:

1. Fonte riquíssima de antioxidantes
De acordo com um estudo publicado em 2005, o café é a fonte número 1 de antioxidantes na dieta dos americanos. Mas, é lógico, que isso não significa que a gente pode sair exagerando na dose: o estudo enfatiza que apenas 1 ou 2 xícaras no dia já é o suficiente pra se beneficiar. E a versão descafeinada apresenta quase que os mesmos níveis de antioxidantes da versão cafeinada.

2. Baixa caloria
O famoso cafézinho preto, puro, tem pouquíssimas calorias – cerca de 2kcal apenas. Mas se você adicionar açúcar, leite e outros plus, daí você adiciona também mais calorias – óbvio.

3. Combustível barato e acessível para o cérebro
Ok, esse tópico já é de conhecimento geral da nação, e é um dos benefícios que muitos de nós fazemos uso no dia a dia. A cafeína é uma substância estimulante do nosso cérebro que nos dá aquele pique pra que a gente consiga executar as nossas tarefas diárias, sejam elas físicas ou intelectuais.

4. Excelente combustível para o corpo também
Um artigo publicado no The New York Times conta que “uma dose de café antes do treino auxilia na melhora da performance do atleta, principalmente em esportes de endurance (de baixa/média intensidade e com longo tempo de duração), como corrida e ciclismo”. Isso porque a cafeína ajuda a recrutar as células de gordura que serão utilizadas pelos músculos como combustível, ajudando o corpo a poupar as reservas menores de carboidratos que serão utilizadas ao longo de um exercício de longa duração. Ou seja, ajuda na performance e ainda na perda de gordura. UHU!

5. Aliado no emagrecimento
O café pode, sim, ajudar no emagrecimento. Tanto pelo motivo do tópico anterior, quanto na energia que ele nos dá pra ir treinar e pelo seu poder diurético (aqui, nesse caso, nos ajuda com problemas de retenção de líquido, que influencia na balança e nas medidas).
Outra coisa bem bacana é o consumo do tal café verde pra quem deseja perder gordura. Uma pesquisa acompanhou durante 22 semanas um grupo de 16 adultos acima do peso. Os participantes que tomaram o extrato de café verde tiveram uma perda de peso de 37.5% ao longo do período de testes, saindo da pré-obesidade em que estavam inicialmente.

O café verde pode ser encontrado em cápsulas nas lojas de produtos naturais. Mas antes de consumir, consulte um profissional de Nutrição ou nutrólogo, ok?

Além das cápsulas, existem bebidas prontas no mercado, como o Refreshers do Starbucks, feito à base de café verde e com sabores de frutas vermelhas e limão. É refrescante e bem gostoso. Vale a pena provar.

6. Pode ajudar a combater algumas doenças
Por ser rico em antioxidantes, como eu já falei lá no primeiro item, alguns estudos feitos até o momento associam o consumo moderado de café a alguns benefícios à saúde, como prevenção à diabetes tipo 2, Parkinson, doenças do fígado (incluindo câncer) e ao melhor funcionamento do coração.

Quem tiver interesse em saber mais sobre essa questão, basta ler este artigo (em inglês).

7. Pode atuar como um analgésico natural
Pesquisadores da Noruega observaram um grupo de pessoas durante um dia normal de trabalho no escritório. Todas com algum tipo de dor. Aqueles que consumiram café, sinalizaram que o nível de dor estava em 41 (escala que os pesquisadores usaram para medir a dor entre os participantes), enquanto aqueles que passaram o dia sem beber café estavam com dor no nível 55. Não é de se espantar já que os principais analgésicos do mercado possuem cafeína na sua composição, né?

[Aqui vale abrir um parênteses pra quem sofre de enxaqueca: os médicos – até onde sei – não recomendam o consumo de café porque a bebida pode iniciar ou agravar as crises. Então é bom ficar de olho e conhecer os efeitos do café no seu corpo, além de se informar com um profissional de confiança se você pode ou não incluir o café no seu dia a dia]

8. O aroma do café ajuda a aliviar o stress
Mais uma pesquisa: dessa vez, examinaram cérebros de ratos que foram estressados pela privação de sono e descobriram que aqueles que foram expostos ao aroma do café sofreram mudanças nas proteínas do cérebro relacionadas ao stress. Vale ressaltar que o estudo não relaciona esse benefício ao stress em si,apenas ao stress originado pela privação do sono.

9. Beber café pode te fazer uma pessoa mais feliz
*Última pesquisa, prometo*
Um estudo feito pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos notou que quem toma café tem 10% menos chance de desenvolver depressão do que quem não consome a bebida. E, aparentemente, não tem nada a ver com o “grau” que a cafeína dá, já que a Coca Cola dá o mesmo efeito em termos de cafeína, mas ao contrário do café, seu consumo está ligado à depressão O autor do estudo supõe que essa sensação de bem estar que o café proporciona esteja relacionada aos seus antioxidantes.

Atenção aos excessos!
Mas como a diferença entre o remédio e veneno é a dose, temos que cuidar pra não errar na mão e exceder no consumo do café, o que pode trazer alguns efeitos colaterais indesejáveis: insônia, aumento da ansiedade (se você já é ansioso por natureza ou sofre de algum distúrbio do tipo, cuidado em dobro), alteração do humor, perda da concentração, problemas gástricos, entre outros.

Fonte: Blog Vida Fit – Meon (Ticiane Toledo)

19 out

COM TOQUE REFINADO, TENDÊNCIA DO CAFÉ EM CÁPSULAS É SUCESSO EM MANAUS

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Presente no cotidiano de muitos, o café também tem opções sofisticadas com linhas exclusivas e lojas especializadas no Brasil e no mundo. Com o consumo de cafés especiais em alta, muitas cafeterias e boutiques de grãos diferenciados foram abertas, principalmente em São Paulo. Outra tendência que vem ganhando o mercado pela conveniência e praticidade na hora de preparar e tomar a bebida, é o consumo do café em cápsulas, novidade em Manaus.

O diferencial dessa opção é proporcionar um sabor semelhante aos das cafeterias, mas com a comodidade de ser feito em casa, em doses únicas. “É uma tendência em vários lugares do mundo e por isso trouxemos para Manaus. É uma opção para quem aprecia o café e gosta de provar vários sabores”, disse o diretor das Indústrias Café Manaus, Lívio Assayag.

A empresa lançou uma linha nova e sofisticada chamada Supremo, voltada especialmente para os apaixonados por cafés. “Fomos atrás das maiores regiões produtoras do Brasil para conseguir um produto mais sofisticado e de alta qualidade”, explica Lívio.

A linha Supremo traz cápsulas modernas e conta com três sabores disponíveis: Gourmet, de café cereja cascado do Sul de Minas, de origem única com excelente aroma e torra média. As monodoses Intenso são mais encorpadas, de café mineiro e torra um pouco mais acentuada. Já as cápsulas Suave são de café da região de Mogiana, em São Paulo, com corpo médio, aroma agradável e sabor equilibrado.


Marca lançou a máquina de café expresso para uso das monodoses e a linha de instantâneos. Foto: Evandro Seixas

A empresa amazonense disponibiliza além das monodoses, a máquina de café expresso exclusiva. Ela é simples de operar e compatível com a marca Nespresso. Segundo Lívio, a conveniência dos consumidores foi lembrada. “Ao invés de comprar apenas em botiques exclusivas ou sites, as cápsulas Supremo podem ser adquiridas em vários pontos selecionados da cidade”. Cada caixa contém dez unidades no valor previsto de R$ 14, já a máquina de café expresso, adaptável apenas com as cápsulas do Café Manaus, custa, em média, R$ 290.

Outra inovação da marca é a linha dos produtos instantâneos. Lançado recentemente é rápido e prático, devendo ser consumido com água ou leite. Disponível em embalagem de 180g nos sabores, Cappuccino chocolate, Cappuccino tradicional e Café com leite.

Destaque
De acordo com um levantamento feito pela ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café ), só entre 2013 e 2014, as cápsulas cresceram 52,4% em volume e 55,5% em vendas alcançando os 660 mil quilos e R$ 90,8 milhões. Atualmente existem mais de 60 empresas que investem nesse mercado.  Com informações de A Crítica (Hellen Miranda)

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.