nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
17 dez

HISTÓRIA – A longa trajetória dos cafezais em Paranavaí

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

A longa trajetória dos cafezais em Paranavaí

A geada do meio deste ano não foi uma das mais fortes da história mas, aliada à terra enfraquecida por quase 90 anos de exploração, o que se traduz em menor produtividade, e aos baixos preços de comercialização, levou alguns dos últimos produtores remanescentes de café em Paranavaí e região ao desânimo.
De alguns milhares de pequenos e médios produtores, além dos grandes, entre as décadas de 40, 50 e 60, restaram pouco mais de 50 e, desses, alguns se confessam desanimados e só insistem por uma questão de tradição ou hobby, sem considerar a cafeicultura a sua principal atividade econômica.

No início do século passado o café era o principal produto de exportação do Brasil. Veio da Etiópia, via França e Caribe, aportou na Guiana Francesa, Guiana Inglesa (atual República da Guiana) e Guiana Holandesa (atual Suriname), de onde cafeicultores migraram para o Brasil, através de Belém, do Estado do Pará.  
No Paraná o café entrou nas primeiras décadas dos anos 1900. Com a crise de preços, que levou à proibição dos “cafezeiros” (como eram chamados na época) no Rio, Minas Gerais e São Paulo, os “barões do café” (como eram chamados os grandes produtores) adquiriram grandes propriedades em Cambará, Jacarezinho, Santo Antonio da Platina, Ribeirão Claro e outras cidades do Norte Pioneiro, para cultivar o produto.

Foram eles que atraíram as concessionárias de ferrovias e provocaram a construção das estradas de ferro no Norte do Paraná, para transportar a produção para o porto de Santos-SP. Enquanto isso pequenos produtores chegavam à região Noroeste do Paraná, centralizada por Paranavaí, através do Rio Paraná e Paranapanema, vindos de Presidente Prudente.

“Em 1902 já havia informação sobre a existência de plantação de café na Cidadinha”, disse em entrevista ao Diario do Noroeste em 1977 o pioneiro Natal Francisco, que visitou a região em 1929 e retornou para morar aqui em 1946, quando fundou o Atlético Clube Paranavaí. Natal Francisco referia-se ao núcleo habitacional constituído no atual Jardim São Jorge, que deu origem à Vila Montoya. Esta cresceu e chegou a ter até 600 famílias em 1929, depois que a Companhia Brasileira de Viação e Comércio (Braviaco) passou a cultivar as terras obtidas por concessão junto ao Governo do Estado, entre 1922 e 1931.

Para trabalhar no plantio e colheita de café a Braviaco importou trabalhadores do Nordeste. Inicialmente foram 300 famílias da Bahia, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará. Depois, uma leva de mais 300, cuja saga foi narrada por um dos que vieram na primeira leva, Frutuoso Joaquim de Salles, em entrevista ao Diario do Noroeste em 1977.

Apesar das sucessivas geadas – como as 1925, 1955, 1968, 1975 – o café continuou sendo o principal produto de exportação da região, embora surgissem outras opções agrícolas e pecuárias a partir de 1946, como a mandioca, algodão, arroz, milho, gado, etc.

Ao longo dos anos, Paranavaí chegou a ter duas dezenas de máquinas de café (que teve nomes marcantes como as dos Irmãos Dal Prá, Afonso Sguissardi, Martinez & Sciarra, Cafeeira Amazonas e outras); de algodão e milho (como a Matarazzo, McFaden, Esteves & Irmãos, etc), uma centena e meia de fábricas de farinha de mandioca e fecularias, dois frigoríficos (Irmãos Baggio e Fripan).

Mesmo com as geadas de 1955 e as dos anos 1960, o café persistiu como principal produto agrícola da região. Um grupo de cafeicultores se reuniu e fundou a Cooperativa Agrícola dos Cafeicultores de Paranavaí (Coaca).

Presidente da entidade eleito por três vezes consecutivas, o engenheiro-agrônomo, cafeicultor e pecuarista Ludovico Axel Surjus disse quinta-feira (12/12) ao Diario do Noroeste que a Coaca chegou a ter 500 cooperados e exportou café até para a Itália.

O setor recebia nos anos 1970 o incentivo do Governo Federal e do Estado – governador Jayme Canet Júnior – que através do secretário de Agricultura, Paulo Carneiro Ribeiro, viabilizou recursos de 20 milhões de cruzeiros (moeda da época) para a Coaca construir seu barracão para depósito de café (na Av. Paraná, ao lado do Fórum Sinval Reis, e local hoje transformado em várias lojas comerciais).

Com a geada que dizimou a maior parte dos cafezais em 1975 a Coaca perdeu muitos cooperados. Ainda tentou seguir por outros caminhos, como o da mandioca, em franca expansão, e chegou a implantar uma fecularia ao lado do Bosque Municipal na Vila Operária, mas acabou extinta.

Deixe seu comentário!

*

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.