nome blog

Blog Café Fácil - O melhor conteúdo sobre Soluções em Café
26 jan

Café, o grão que transformou São Paulo em metrópole

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Maior cidade do país completa 463 anos de história com forte influência da agricultura

Monumento em uma das principais avenidas de São Paulo homenageia o colhedor de café, com dois pés do grão ao lado. (Flick)

No começo do século XIX, o café já era tratado como investimento pelo Império de Dom Pedro II, mas ainda não havia chegado às terras de São Paulo, que na época era um centro econômico e politicamente modesto se comparado a Santos e Rio de Janeiro.

Com a ampliação das plantações no país e também no interior do Estado, a então vila de São Paulo passou a ser destino de altos investimentos  e também casa de barões do café da época.  “A ampliação do café dá uma estrutura para conectar São Paulo ao litoral, que eram conhecidos como ‘serra cima’ e ‘serra baixo’, e tinha o acesso de mercadorias feito nos lombos de burros”, afirma Marília Bonas, diretora executiva do Museu do Café.

Uma das obras mais importantes foi a construção da ferrovia responsável pelo escoamento do produto, que aí já era o principal item exportado pelo Brasil e sustentava a economia paulistana. Milhares de imigrantes chegaram à cidade, que deixava cada vez mais para trás a arquitetura colonial e ganhava imponência com grandes edifícios. Sedes de grandes bancos e as mansões de famílias ricas criaram uma nova cidade. A pequena vila então passa a ser um importante centro comercial com ar contemporâneo. Para Marília, foi o café o grande responsável pela modernização, urbanização e desenvolvimento da cidade de São Paulo.

Antigamente, as tradicionais famílias do café possuíam propriedades em três regiões do Estado, vivendo a chamada triangulação. “As famílias cuidavam de uma ou mais fazendas no interior, um escritório financeiro em São Paulo e outro escritório de representação em Santos, para tratar de questões de exportação”, diz a diretora do Museu do Café. As mansões ocupavam, em grande maioria, as regiões da Avenida Paulista, Avenida Angélica e do bairro Campos Elísios. Ao lado de Santos, era o maior ponto de negociação de café do país.

Essa trajetória de implementação e dominação do café no Estado e na capital paulista durou até 1930. Mas até hoje o grão é prestigiado na maior cidade e centro de consumo do Brasil. “Na esfera de hábitos e da sociabilidade, São Paulo continua sendo um polo de novas modas relacionadas ao café”, conclui Marília.

Como bebida, o café segue presente no cotidiano do paulistano, seja nas cafeterias ou nos diversos pontos da cidade que ainda conservam esse importante capítulo na história da cidade. Na Avenida Nove de Julho, por exemplo, uma das mais importantes da capital, um monumento homenageia a figura do colhedor de café. Ao lado da estátua, há ainda alguns pés do grão, que segundo os moradores locais, rendem um café de boa qualidade na época da florada.

O Brasil ainda é o maior produtor e exportador mundial de café. Na safra que começa em maio, a previsão é de que o país retire das lavouras até 47 milhões de sacas do grão.

Fonte: Revista Globo Rural 

19 jan

Motivos e ideias para reutilizar cápsulas de café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 

O post era do blog da marca Insecta Shoes e me fez refletir muito sobre o assunto das cápsulas, tanto que virou tema nesse post que você lê agora. Pois é, as cápsulas viraram um problema, considerando que milhares vão parar em lixões e aterros diariamente. Para vocês terem ideia, um casal descarta aproximadamente 1500 cápsulas por ano quando utiliza sua máquina duas vezes no dia. Na teoria as cápsulas são recicláveis, mas na prática exige a separação dos materiais das quais a maioria são feitas (plástico, alumínio e um tipo de material orgânico), o que dificulta e encarece o processo de reciclagem. Sem falar que no Brasil nós reciclamos muito pouco. Em São Paulo, por exemplo, 12,5 mil toneladas de lixo domiciliar são recolhidas todos os dias e 35% são materiais que poderiam ser reciclados, mas só 3% são reaproveitados.

A Nestlé se mostra preocupada com o que acontece após o fim da vida útil das cápsulas Dolce Gusto e apresenta desafios, objetivos e resultados no site da marca. Já as cápsulas da Nespresso são feitas 100% de alumínio, o que facilita a reciclagem, mas é necessário fazer o descarte correto, eliminando o pó de café no lixo orgânico. Pra quem se interessar, também no site da marca eles disponibilizam os pontos de coleta das cápsulas usadas.

Mas calma, com tudo isso não estou dizendo para você deixar de consumir o café em cápsulas. Eu também consumo em casa e as facilidades dos dias de hoje são mesmo tentadoras, concordo. Mas podemos fazer nossa parte separando o lixo corretamente. E no caso das cápsulas, é necessário retirar a tampinha e descartar o pó no lixo orgânico e a tampa e a cápsula (limpas) no lixo reciclável. Leva um tempinho, eu sei, mas são pequenas atitudes que fazem a diferença. Você pode encontrar uma forma de reservar as cápsulas que consume durante a semana e fazer essa separação no final de semana, com o tempo vira hábito.

Outra forma de ajudar o meio ambiente é reutilizar as cápsulas, com criatividade elas viram matéria prima para novos produtos. Se você não é muito adepto de trabalho artesanal, pode separar as cápsulas para uma amiga, parente ou vizinho que curte a ideia. Aproveita e já compartilha esse post com eles, pois selecionamos imagens de alguns produtos inspiradores.

Por – Ariane Protte | Joia de Casa – 14/01/2016 (editado pela ABIC)


1.Luminária
1.Porta alfinetes

18 jan

Como fazer frapê de café

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 

frapê de café

Que tal amenizar o calor dos dias quentes de verão com uma bebida gelada à base de café? Aprenda a fazer em casa um delicioso frapê. A receita, rápida e fácil de preparar, é uma sugestão da Melitta para você se refrescar e ainda curtir o máximo prazer do café. Confira.

Ingredientes

1 xícara (chá) de creme de leite fresco (210 g)

1 colher (chá) de café em pó Melitta (4 g)

7 colheres (sopa) de açúcar mascavo (70 g)

4 xícaras (chá) de sorvete de creme (600 g)

300 ml de café em infusão bem forte Melitta

Cacau em pó

Modo de preparo

Coloque na tigela da batedeira o creme de leite fresco, o café Melitta em pó e 2 colheres (sopa) de açúcar. Bata (em velocidade alta) por 3 a 4 minutos. Reserve.

Bata no liquidificador o sorvete com o restante do açúcar e o café Melitta bem quente. Despeje em copos altos e, por cima, coloque o chantili de café. Polvilhe cacau em pó.

Rendimento: 4 porções

Tempo de preparo: 20 minutos

16 jan

Jack Daniel’s lança seu próprio café (com aroma de uísque, claro)

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

Se você gosta de uísque e é fã da marca americana Jack Daniel’s, talvez seja hora de começar a tomar um cafezinho junto de sua bebida.

A marca anunciou, nessa semana, o lançamento de sua linha própria de cafés.

A linha “Jack Daniel’s Tennessee Whiskey Coffee” foi criada em parceria com a World of Coffee, especialista no grão.

O café, segundo a marca, é um premium 100% Arabica, com torra média.

Detalhe: ele é feito com uma infusão, claro, de uísque Jack Daniel’s Old No. 7 Tennessee Whiskey.

Mas a marca garante que o produto é não alcoólico e não causa nenhum tipo de “efeito”.

A ideia das duas marcas era criar um café de alta qualidade com o aroma e sabor do uísque, junto de notas de caramelo e baunilha.

O novo produto pode ser encontrado na loja online da marca. Há opções em lata e em embalagem plástica, além da versão sem cafeína.

Também há canecas de café da manhã com o logo do uísque.

Confira:

Café da marca Jack Daniel's

Café da marca Jack Daniel’s (Jack Daniel’s/Divulgação)

Café da marca Jack Daniel's

Café da marca Jack Daniel’s (Jack Daniel’s/Divulgação)

Café e caneca da marca Jack Daniel's

Café e caneca da marca Jack Daniel’s

Caneca de café da marca Jack Daniel's

Caneca de café da marca Jack Daniel’s (Jack Daniel’s/Divulgação)

Caneca de café da marca Jack Daniel's

Caneca de café da marca Jack Daniel’s (Jack Daniel’s/Divulgação)

Caneca de café da marca Jack Daniel's

Caneca de café da marca Jack Daniel’s (Jack Daniel’s/Divulgação)

Fonte: Revista Exame (Por Guilherme Dearo)

13 jan

Versão de café mocha gelado com gianduia para o verão

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 café mocha gelado

Saborosa, essa receita preparada pela Melitta garante o máximo prazer do café e promete agradar ao paladar dos apaixonados pela bebida. Confira o passo a passo e aproveite!
Ingredientes
4 colheres (sopa) de caramelo
400 ml de leite integral gelado
4 colheres (chá) de café solúvel
2 colheres (sopa) de pasta de gianduia
2 colheres (sopa) de xarope de amêndoas tostadas
1 xícara (chá) de chantilly
1 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (sopa) de amêndoas trituradas
Modo de fazer
1.  Decore 4 taças ou copos (com capacidade para 200 ml) com caramelo e reserve na
geladeira.
2.  Disponha no copo do liquidificador o leite bem gelado, o café solúvel, a
gianduia e o xarope de amêndoas tostadas. Bata por 1 minuto.
Montagem
Despeje a bebida nos copos e, por cima, distribua o chantilly. Polvilhe a canela
em pó e as amêndoas trituradas.
Tempo de preparo: 5 minutos
Rendimento: 4 porções de 160 g
Valores nutricionais por porção: 760 calorias, 47 g de carboidratos, 17 g de proteínas, 56 g de gorduras totais, (34,5 g de saturada, 14 g de monoinsaturada e 6 g de poli-insaturada), 155 mg de colesterol, 4 g de fibras, 1,5 mg de ferro e 220 mg de cálcio.

11 jan

Museu do Café celebra aniversário de Santos com música e lançamento de livro

Publicado por Redação Blog Café Fácil Comentários

 

A partir das 15h, programação especial acontece na cúpula e na Cafeteria do Museu

No dia 26 de janeiro, a cidade de Santos completa 471 anos. Para comemorar, o Museu do Café, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promove duas atrações para o público durante o feriado: uma apresentação musical e o lançamento do livro “Café, ferrovia e porto”, publicação realizada pela equipe do Museu do Café.

Para quem estiver pelo Centro Histórico de Santos, a cúpula do Museu será palco de uma apresentação da Camerata Jovem Santista, formada por músicos da região. O grupo tem o intuito de disseminar a música erudita e popular com arranjos especiais e, a partir das 15h, encantará os visitantes ao som de violas, violinos e violoncelos.

Completando a programação, a Cafeteria do Museu recebe o lançamento do livro “Café, ferrovia e porto” com autoria dos analistas de pesquisa do Museu do Café, Bruno Bortoloto e Pietro Amorim, da Diretora Executiva do Museu, Marília Bonas, e pelo cientista social, Guilherme Barros. Com início às 16h, uma tarde de autógrafos contará com a presença de alguns dos autores. Na ocasião, as 200 primeiras pessoas que chegarem ao local e sinalizarem o interesse, ganharão um exemplar.

O livro iconográfico reforça a relação entre o café, a modernização do Porto de Santos e o cais da ferrovia São Paulo Railway, no Valongo. O projeto é resultado de 10 meses de trabalho e concretizou-se por meio de uma parceria com o Ministério Público do Estado de São Paulo.

“A publicação ‘Café, porto e ferrovia’ representa para o Museu do Café uma possibilidade ímpar de trazer a público o trabalho de pesquisa e preservação feito pela instituição desde sua criação em 1998. O livro conta com imagens históricas oriundas dos mais diversos fundos e coleções e apresenta, por meio delas, a relação direta entre a modernização do Porto de Santos – com destaque para o cais da ferrovia no bairro do Valongo – e o crescimento da produção do café. O Museu do Café, comprometido com a paisagem cultural que é a razão da sua existência, pode, com a publicação, alcançar novos aliados na preservação do patrimônio do café e da cidade”, explica a diretora executiva do Museu do Café, Marília Bonas.

O Museu do Café fica à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Seu horário de funcionamento é de terça a sábado das 9h às 17h, e aos domingos entre 10h e 17h. A partir do mês de dezembro até abril, o Museu do Café funciona também às segundas-feiras, das 9h às 17h. Os ingressos para visitação custam R$ 6, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Aos sábados, a visitação é gratuita. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado das 9h às 18h, e aos domingos entre 10h e 18h. Outras informações estão disponíveis no site www.museudocafe.org.br.

Serviço

Apresentação – Camerata Jovem Santista

26/01 | QUI | 15h

Local: Cúpula do Museu do Café

Endereço: Rua XV de Novembro, 95 – Centro Histórico – Santos/SP

Preço: Grátis

Telefone: (13) 3213-1750

Lançamento do livro “Café, ferrovia e porto”

26/01 | QUI | 16h

Local: Cafeteria do Museu do Café

Endereço: Rua XV de Novembro, 95 – Centro Histórico – Santos/SP

Preço: Grátis

Telefone: (13) 3213-1750

Buy Philips sonicare toothbrush heads click: philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush  | sonicare toothbrush heads  | best electric toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | kids toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | replacement toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | sonicare toothbrush heads  | philips sonicare toothbrush heads  | Quality sonicare toothbrush heads for sale. |
IT Zertifizierung click: Cisco 700-101 Antwort  | IBM c2010-657 Zertifizierungsprfung  | Oracle 1Z1-117 Antwort  | Oracle 1Z1-511 Prfung  | Cisco 200-125 Zertifizierung  | Cisco 350-080 Zertifizierung  | Cisco 300-135 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 070-121 Prfung Frage  | 642-874 Zertifizierung  | 070-346 fragen  | 200-125 fragen  | Oracle 1Z0-144 Zertifizierung  | http://www.exam-qa.de/  | Cisco 300-135 Prfung  | Oracle 1Z0-147 Prfung Antwort  | 642-871 Frage und Antwort  | Microsoft 70-412 Zertifizierungsprfung  | Microsoft 70-315 Prfung Fragen  | Cisco 640-911 Zertifizierung  | IBM 000-106 Frage  | Microsoft 070-121 Prfung  | Microsoft 70-413 Prfung  | Microsoft 70-270 Fragen  | 300-101 Frage und Antwort  | Prfung 200-310  | Prfung 400-101  | 1Y0-201 Zertifizierungsfragen  | Prfung 210-060  | 1V0-601 Zertifizierungsfragen  | Prfung Cisco 640-916  | Prfung 200-105  | Prfung CISSP  | Microsoft 70-515 Prfung dumps  | Cisco 700-501 Zertifizierungsprfung  | Prfung 200-105  | Prfung 300-101  | Prfung 2V0-621D  | Prfung 300-135  | Prfung 300-115  | Prfung 400-051  | Prfung 210-065  | Prfung 100-105  | Prfung 300-320  | Prfung 210-260  | Prfung 300-115  | 210-065 Prfung  | 810-403 fragen  | 101-400 Zertifizierung  | 070-270 Zertifizierung  | Zertifizierung 600-455  | 640-916 Zertifizierung  | Zertifizierung cog-615  | 3101 fragen  | Microsoft 70-411 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | Cisco 350-030 Zertifizierung  | IBM c2010-652 Frage und Antwort  | 350-020 fragen  | 100-105 fragen  | Microsoft 74-679 Zertifizierung  | OG0-093 Zertifizierung  | 300-075 fragen  | 000-102 fragen  | 000-605 fragen  | 200-125 Zertifizierung  | 640-822 fragen  | 640-460 Zertifizierung  | Cisco 200-125 Frage  | Microsoft 70-178 Zertifizierung  | IT Exam Frage und Antwort.